Publicidade

Cuiabá, Sábado 08/08/2020

Política de MT - A | + A

MUDANÇA DE COMANDO 10.06.2020 | 17h06

Assembleia Legislativa derruba mudança na gestão do Samu

Facebook Print google plus

Otmar de Oliveira

Otmar de Oliveira

Os deputados estaduais derrubaram nesta quarta-feira (10) a mudança proposta na gestão do Samu. O governador Mauro Mendes (DEM) transferiu a gestão do Samu da Secretaria de Saúde aúde para o Corpo de Bombeiros. Os parlamentares votaram uma proposta de decreto legislativo e derrubaram o decreto do democrata, que determinava a alteração.

 

O decreto legislativo foi aprovado por 18 votos. Segundo o deputado Lúdio Cabral (PT) um projeto semelhante ao decreto legislativo foi rejeitado em maio pela Casa de Leis e para voltar a tramitar o novo projeto teve que conseguir um número mínimo de assinaturas.

 

Lúdio destacou que o decreto do governador fere uma lei estadual que diz que a gestão do Samu cabe à saúde. Segundo ele, um decreto não tem força para barrar uma lei. Foram 18 votos sim, 4 ausências e uma abstenção do deputado Wilson Santos (PSDB).  

 

Para votar o projeto de decreto legislativo, os deputados tiveram que convocar uma sessão extraordinária da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) para votar o texto. 

 

Leia também - Botelho é reeleito presidente da Assembleia com 22 votos

 

Servidores da saúde e representantes do Sindicato dos Profissionais da Saúde do Estado de Mato Grosso (Sisma) tiveram a liberação da mesa diretora para acompanhar a votação na galeria da Assembleia Legislativa e fizeram pressão para aprovação do decreto legislativo. 

 

O deputado Wilson Santo (PSDB) fez a defesa do governo da votação. Disse que o governador Mauro Mendes adiou a retirada do Samu da saúde para o Corpo de Bombeiros por 90 dias. Segundo ele, neste período o Estado poderia chegar ao entendimento de que a saúde faça a gestão e que o Corpo de Bombeiros possa atuar no serviço.

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Após a reabertura dos shoppings, você voltou a frequentar como antes da pandemia?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 07/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 25,00 -0,20%

Algodão R$ 97,76 -0,39%

Boi a Vista R$ 132,33 0,51%

Soja Disponível R$ 64,10 -2,73%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.