Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 14/07/2020

Política de MT - A | + A

Proposta polêmica 30.06.2020 | 19h05

Bancada governista retira projeto que trata de terra indígena

Facebook Print google plus

Fablício Rodrigues/ALMT

Fablício Rodrigues/ALMT

Após repercussão negativa, inclusive pela mídia nacional, a bancada governista anunciou que o governo vai recuar e retirar do projeto de lei complementar 17/2020 os artigos que permitem a regularização ambiental de fazendas que estão dentro de terras indígenas em Mato Grosso. As mudanças foram anunciadas na segunda-feira (29) em reunião da Comissão de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Recursos Minerais (Carhrm)da Assembleia Legislativa. 

 

O presidente da Comissão,  deputado Carlos Avalone (PSBD), destacou que será suprimida a parte que trata de terra indígena, mas o restante continuará em tramitação, atendendo pedido até mesmo da Igreja Católica, segundo o parlamentar. 

 

 

Leia também - Emanuel prorroga toque de recolher em Cuiabá por mais dois dias

 

O deputado Lúdio Cabral (PT) chegou a propor emendas suprimindo parte do texto que tratava de fazendas em áreas indígenas. No entanto, os deputados decidiram fazer emendas dentro da Comissão de Meio Ambiente suprimindo os artigos polêmicos. O restante do projeto de lei complementar voltará a ser discutido, após a confecção dessas emendas. 

 

Já a parte do texto que fala de fazendas em terras indígenas não homologadas será analisada em um novo projeto. 

 

Defesa da oposição

Lúdio defende que questões indígenas só deve ser tratada pela União. "Os fazendeiros que grilaram terras em áreas indígenas usarão o CAR para legitimar a invasão. O PLC 17 favorece apenas os grileiros, colocando em risco as populações indígenas, o meio ambiente, e até mesmo o agronegócio, pois Mato Grosso pode sofrer sanções comerciais impostas por países importadores da produção do estado”, alertou o deputado.

 

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Você acredita na eficácia das barreiras sanitárias implantadas em Cuiabá?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 14/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,01 0,70%

Algodão R$ 92,13 0,99%

Boi a Vista R$ 133,99 0,24%

Soja Disponível R$ 68,15 0,07%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.