Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 15/10/2019

Política de MT - A | + A

Ranking 07.08.2019 | 08h34

Bezerra e Barbudo lideram faltas em sessões na Câmara dos Deputados

Facebook Print google plus

Arquivo/Montagem

Arquivo/Montagem

Carlos Bezerra (MDB) e Nelson Barbudo (PSL) foram os deputados federais de Mato Grosso que mais faltaram a sessões deliberativas no primeiro semestre Câmara Federal. Bezerra tem o maior número de faltas justificadas, 9, e Barbudo foi o que mais faltou sem justificativas, com 4 ausências.

 

Segundo levantamento do site Congresso em Foco, no primeiro semestre a Câmara dos Deputados ocorreram 86 sessões deliberativas, ou seja, aquelas em que há votação e deliberação sobre diversos temas e projetos.

 

Dos 513 parlamentares da Casa, apenas 54 não faltaram a não faltaram a sessões deliberativas e nessa lista não consta nenhum deputado federal de Mato Grosso. Nesse período foram registradas 3.870 ausências, das quais 2.859 foram justificadas por licenças médicas, missões autorizadas e decisões da Mesa Diretora, o que significa que foram perdoadas.

 

Leia também - PSL nacional quer Barbudo candidato a prefeito em Cuiabá

 

No caso dos deputados de Mato Grosso, Bezerra também lidera no número total de faltas: 11. Ele também compareceu a 13 sessões antes de se afastar para tratamento de saúde no final de fevereiro. Já Nelson Barbudo teve 6 faltas, mas apenas 2 foram justificadas. Durante o primeiro semestre ele compareceu a 60 sessões deliberativas.

 

Quando comparadas as presenças, há um empate entre Dr. Leonardo (SD) e Neri Geller (PP), que compareceram a 85 sessões. No entanto, a única falta registrada foi justificada por Dr. Leonardo, mas não por Geller.

 

No ranking dos parlamentares federais de Mato Grosso, logo depois vêm Emanuelzinho (PTB), com 84 presenças e 2 faltas não justificadas; Juarez Costa (MDB), que teve 83 presenças e 3 faltas justificadas; Rosa Neide (PT) com 78 comparecimentos e 8 ausências justificadas; José Medeiros com 77 presenças, sendo 8 faltas justificadas e uma não justificada.

 

Em último lugar na lista está Valtenir Pereira (MDB), que substitui Bezerra durante a licença médica e compareceu a 59 sessões e teve 3 faltas não justificadas.

 

Com salários de R$ 33.763 os deputados são obrigados a registrar presença nominal em 3 dias da semana, a não ser em casos extraordinários. As sessões deliberativas costumam ocorrer às terças, quartas e quintas-feiras.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Ter um diploma leva a uma maior remuneração?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 15/10/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 26,00 -1,14%

Algodão R$ 92,42 1,32%

Boi a Vista R$ 137,25 0,00%

Soja Disponível R$ 64,30 -0,92%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.