Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 01/04/2020

Política de MT - A | + A

deu na veja 28.01.2020 | 18h38

Bolsonaro pode retomar obras do VLT após reunião com Mendes, Pinheiro e Lucimar

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

As obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), paradas há mais de cinco anos, podem ser retomadas, a depender da reunião entre o presidente Jair Bolsonaro, o governador Mauro Mendes (DEM) e os prefeitos de Cuiabá e Várzea Grande, Emanuel Pinheiro (MDB) e Lucimar Campos (DEM), respectivamente.

 

Conforme publicado na coluna de Pedro Carvalho, na Revista Veja, a negociação ocorre entre o ministro de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. A reunião com os chefes do executivo estadual e municipal está marcada para o próximo dia 10 de fevereiro.

 

Leia também - Ministro de Bolsonaro dá esperança sobre retomada do VLT

 

Canuto havia garantido ao senador Wellington Fagundes (PL) – que preside a Frente Logística de Logística do Senado – o interesse do Governo Federal em dar uma solução rápida e adequada para as obras do VLT.

 

Na última quarta-feira (22), os dois se reuniram para discutir a possibilidade. O Grupo de Trabalho determinado para o VLT prepara relatórios de serviços, equipamentos e obras entregues, além de alternativas tecnológicas e gestão financeira.
Wellington Fagundes relatou ao ministro a situação do VLT e do que ele chama de ‘ferida aberta’ nas cidades de Cuiabá e Várzea Grande. Segundo ele, é fundamental se encontrar uma solução, uma vez que existe um sentimento de desperdício de recursos muito grande por parte da população das duas cidades.

 

O trajeto

 

A obra do Veículo Leve sobre Trilhos foi projetada para ter uma extensão de 22 quilômetros, com dois itinerários. Segundo o projeto, o primeiro trecho ligaria o Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, até a Avenida Rubens de Mendonça, mais conhecida como Avenida do CPA, em Cuiabá. O segundo trecho sairia da Avenida Tenente Coronel Duarte até a região do Coxipó, também na capital.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Levando-se em consideração as condições sanitárias do país, você optaria por:

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 01/04/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,00 1,45%

Algodão R$ 95,40 0,45%

Boi a Vista R$ 133,60 -1,62%

Soja Disponível R$ 60,80 -2,72%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.