Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 29/10/2020

Política de MT - A | + A

ESPAÇO AOS ALIADOS 24.09.2020 | 07h28

Botelho minimiza DEM 'coadjuvante' nas eleições municipais

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Presidente da Assembleia Legislativa e uma das principais lideranças do DEM em Mato Grosso, Eduardo Botelho minimizou o fato do partido disputar as eleições de 2020 como "coadjuvante" nas principais cidades do Estado. O deputado estadual acredita que o partido não perderá sua influência e que a sigla decidiu fazer um novo jeito de política para contemplar o seu arco de aliança.  

 

"O grupo é bom. O grupo tem nomes importantes, como em Várzea Grande nós escolhemos o nome de  Kalil Baracat (MDB). Não é do DEM , mas é correligionário, é do grupo que elegeu Mauro Mendes, Jayme Campos. Então por que não ele?", argumentou.  

 

Leia também - 'Mais fácil o papa Francisco renunciar do que eu desistir da reeleição'

 

Em Várzea Grande, o DEM terá como vice do MDB José Hazama (DEM). Mesmo obtendo êxito, a sigla deixará de administrar a segunda maior cidade do Estado. Botelho citou que em Cuiabá a também ficou a vice-prefeitura. A coligação tem Roberto França (Patriotas) como candidato e lançou Marcelo Bussiki (DEM) de vice.  

 

"Ele tem um histórico de grande prefeito, de deputado estadual, federal, de honestidade. Então por que não trabalharmos com ele? Então chegamos nessa decisão. O DEM não tem problema nenhum trabalhar com qualquer um do grupo, que seja bom e vai dar resultado do povo. Não tem problema sermos vice ou nem participar", explica Botelho.

 

O Democratas é a sigla que mais lançou candidaturas a prefeito em Mato Grosso. De acordo com o levantamento feito pela própria direção estadual, são 62 candidatos a prefeito e 42 a vice. Apesar do número expressivo, o partido do governador Mauro Mendes não possui candidaturas nas principais cidades do Estado.

 

Além da Capital e Várzea Grande, em Sinop, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Primavera do Leste e Cáceres, o DEM também não será protagonista. Apenas em dois grandes polos, o partido tem candidaturas próprias. Em Rondonópolis com Thiago Muniz e Barra do Garças com Welinton Marcos.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Com abertura do comércio, bares, igrejas e retomada de festas, você já retomou à rotina?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 29/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,70 0,16%

Algodão R$ 130,32 1,33%

Boi à vista R$ 247,18 0,00%

Soja Disponível R$ 167,00 1,21%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.