Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 01/12/2020

Política de MT - A | + A

VEJA VÍDEO 27.10.2020 | 10h13

Coronel Fernanda revela que seu projeto político é para 2022

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

A candidata de Jair Bolsonaro (sem partido) ao Senado, coronel Fernanda (Patriota), admitiu que a sua candidatura é um projeto para 2022. A declaração foi dada durante uma live realizada pela Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), na segunda-feira (26).  

 

"Ele [Bolsonaro] me fez esse convite por entender que poderia ser um projeto novo para 2020 também. Mas 2020 seria apenas uma sementinha plantada para 2022. Então a Coronel Fernanda é um projeto inicial do presidente Jair Bolsonaro para uma nova proposta de política para 2022", disse a candidata.  

 

A declaração caiu com desconfiança no meio político e de apoiadores, já que a candidata não deixou claro se está desanimada com a sua campanha e já começa a focar na próxima eleição, ou se pretende usar o Senado para disputar o governo do Estado em 2022, e abrindo caminho para o seu suplente, Victório Galli (Patri), assuma sua cadeira, caso seja eleita em 15 de novembro.  

 

Leia também - MPE diz que Emanuel agiu de 'má-fé' e pede condenação

 

Ela contou sobre o projeto logo no início do evento, quando descrevia mais uma vez a forma como decidiu ser candidata, mesmo sem vocação política, contando que o presidente Bolsonaro queria uma mulher militar e evangélica na vaga do Senado.  

 

Segundo Fernanda, a sua candidatura visa renovar o Senado. "A gente precisa de uma certa forma, renovar, buscar pessoas que queiram produzir mais. Nós temos muitos problemas pontuais e que estão aí há décadas e ninguém faz nada".  

 

Coronel Fernanda vem buscando se eleger dentro da "onda bolsonarista" iniciada em 2018, quando a ex-juíza Selma Arruda (sem partido) foi eleita como a mais votada com a mesma estratégia, de ser a "senadora do Bolsonaro".

 

Porém, ela foi cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, fazendo com que a Justiça Eleitoral convocasse uma eleição suplementar para preenchimento da vaga e que ocorrerá no próximo dia 15 de novembro.

 

Confira a entrevista

Vídeo

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Edivaldo - 29/10/2020

Se Deus quiser vc vai ser nossa Senadora Boa Sorte Deus abençoe VC Coronel Fernanda se eleita lembra de cobrar nosso Presidente Bolsonaro sobre asfaltamento da BR 174 que liga Castanheira a Colniza Blz Estamos juntos

WiLER ViTÓRiO - 27/10/2020

Vai sair presidenta em 2022?

2 comentários

1 de 1

Enquete

Com o resultado da eleição, você acredita em uma Cuiabá melhor a partir de 2021

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 01/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,00 -0,81%

Algodão R$ 127,44 0,81%

Boi à vista R$ 254,60 0,64%

Soja Disponível R$ 154,00 -3,75%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.