Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 19/09/2019

Política de MT - A | + A

PESCA ESPORTIVA 25.08.2019 | 12h16

'Cota Zero' atinge servidores com altos salários, diz Mendes

Facebook Print google plus
Pablo Rodrigo e Vitória Lopes

redacao@gazetadigital.com.br

Otmar de Oliveira

Otmar de Oliveira

Ao voltar a defender o projeto de lei 668/2019, que trata sobre a pesca e proíbe a comercialização de pescado por 5 anos a partir de 2020, o governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que grande parte dos pescadores cadastrados são servidores públicos com altos salários.

 

Chamada de “Cota Zero”, o projeto de lei vem levantando polêmicas até mesmo dentro da Assembleia Legislativa, onde aguarda tramitação. Entretanto, o gestor do Estado volta a reforçar que pescadores ribeirinhos não serão afetados, e sim, empresários e servidores que usufruem de benefícios concedidos pelo governo.

 

Leia também - 'Grande parte dos pescadores são empresários e servidores'

 

“Hoje tem mais de 10 mil (pescadores) cadastrados. Têm pessoas que tem grandes imóveis, empresas em Cuiabá, servidores com altos salários, e que são considerados pescadores profissionais com aquela carteirinha que é expedida pelo governo federal”, disse.

 

O governador ainda diz que irá criar mecanismos para ajudar pescadores que vivem exclusivamente do pescado, para que não fiquem desamparados durante o tempo de recessão.

 

“Estamos discutindo isso na Assembleia, da criação de um seguro. Mas não é para aquele pescador que tem a carteirinha profissional do governo federal. Todo mundo está vendo denúncias rolando. Temos um levantamento que mostra que servidor público é pescador profissional, que empresário é profissional. E muito dessas pessoas estão recebendo a bolsa defesa do governo federal”, critica.


Ainda de acordo com Mendes, a pesca não será proibida, apenas regulamentada, uma vez que a pesca predatória está prejudicando o meio ambiente. Ele ainda afirma que a lei será benéfica para todos e incentivará o turismo.

 

“Temos que entender que os peixes dos rios de Mato Grosso estão acabando por conta da pesca predatória, que o Estado não consegue controlar. Não estamos proibindo a pesca. O que estamos proibindo é o transporte e a comercialização por um período de peixe dos rios. Com isso nós vamos propiciar o repovoamento desses rios, incentivar o turismo em Mato Grosso que vai gerar 10 vezes mais emprego do que gera a pesca hoje”, explica.

 

Cota zero

Projeto trata da Política Estadual de Desenvolvimento Sustentável da Pesca e regulamenta as atividades pesqueiras e está em tramitação na Assembleia Legislativa. Além de reforçar a proibição durante a Piracema e com itens como explosivos, ceva fixa, substâncias tóxicas e outros métodos depredatórios, o PL 668/2019 traz mudanças como a proibição de que pescadores amadores - desde que registrados e com carteira de pescador - levem peixes para casa, podendo apenas praticar a modalidade "pesque e solte".

 

O ponto mais polêmico está no artigo 18, que proíbe "o transporte, armazenamento e comercialização do pescado oriundo da pesca em rios de Mato Grosso" por 5 anos, a partir de 1º de janeiro de 2020. Só poderão pescar moradores de comunidades ribeirinhas, desde que os peixes sejam consumidos no local ou pequena quantidade, para subsistência.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Menos de 10% dos profissionais com deficiência ocupam cargos de liderança

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 19/09/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,85 0,25%

Algodão R$ 89,99 -0,31%

Boi a Vista R$ 131,00 0,00%

Soja Disponível R$ 67,90 1,95%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.