Publicidade

Cuiabá, Sábado 24/10/2020

Política de MT - A | + A

parada desde março 11.09.2020 | 09h47

CPI da Sonegação prorroga trabalhos por mais 6 meses

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Sonegação da Assembleia Legislativa (AL) foi prorrogada por mais 6 meses. O requerimento foi aprovado na reunião realizada na quinta-feira (10). Criada em março de 2019, a CPI investiga a sonegação de impostos e renúncia fiscal em diversos setores econômicos em Mato Grosso.

 

Parada desde 27 de março, por causa da pandemia da covid-19, a CPI já teve como resultado o relatório sobre o setor de combustíveis, que mostrou que o Estado deixou de arrecadar R$ 1,9 bilhão em 2018 por causa da sonegação de impostos, o que corresponde a 1,5% do produto interno bruto (PIB) estadual.

 

Leia também - Relatório da CPI do Paletó volta para a Câmara de Cuiabá

 

Foi aprovado pelos membros da CPI o pedido de informações junto ao Comitê Nacional de Secretários de Fazenda (Consefaz) sobre as alterações na Lei Kandir e o impacto financeiro para Mato Grosso. Outro requerimento aprovado foi para que a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) informe quanto foi arrecadado de ICMS e Fethab dos segmentos produtivos de soja, algodão, milho e bovinocultura.

 

A Comissão também quer ter acesso aos inquéritos das operações realizadas pela Polícia Feral em Mato Grosso sobre a extração ilegal de ouro e outros minérios entre 2010 e 2020. Ao todo, na reunião de quinta-feira foram aprovados 7 requerimentos.

 

Presidida pelo deputado Wilson Santos (PSDB), a comissão tem como membros Nininho (PSD), Valmir Moretto (Republicanos), Carlos Avallone (PSDB) e Janaina Riva (MDB). (Com informações da assessoria)

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Como você avalia a ausência de um candidato convidado para debater com adversários?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 23/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,00 2,52%

Algodão R$ 125,19 1,55%

Boi à vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 161,50 0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.