Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 01/04/2020

Política de MT - A | + A

OITIVA ESPERADA 19.02.2020 | 07h51

CPI ouve nesta quarta ex-secretário de Silval que gravou deputados

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

A Câmara de Cuiabá ouve nesta quarta-feira (19) o ex-secretário de Governo da gestão Silval Barbosa (sem partido), Silvio Côrrea, que gravou os deputados estaduais em 2014 recebendo dinheiro que seria proveniente de propina na gestão do ex-comandante do Palácio Paiaguás. 

 

Um dos deputados que receberam dinheiro na ocasião foi o hoje prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), alvo da CPI na Câmara Municipal. O vídeo motivou a investigação na Casa. O prefeito nega o recebimento de propina e diz que o pagamento foi em razão de pesquisa eleitoral realizada por um instituto de propriedade de um dos seus irmãos. 

 

Leia também - Após pressão popular, vereador retira pedido para que CPI seja secreta

 

Na delação o ex-secretário que ocupava uma sala no mesmo andar de Silval Barbosa disse que o dinheiro era referente à propina paga pela gestão por execução de obras do programa Mato Grosso Integrado, posteriormente chamado de Pró-Estradas. 

 

Silvio disse na delação que ficou acordado o valor de R$ 600 mil para cada deputado para execução do programa. O pagamento seria feito mensalmente em parcelas de R$ 50 mil. 

 

A reunião da CPI está marcada para a manhã desta quarta na sala de comissões da Casa. Um dos membros, o vereador Sargento Joelson (PSC) chegou a apresentar um requerimento pedindo que a CPI fosse fechada. Porém, retiro o pedido após pressão da sua base eleitoral. 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Levando-se em consideração as condições sanitárias do país, você optaria por:

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 01/04/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,20 -1,62%

Algodão R$ 97,36 -0,41%

Boi a Vista R$ 136,50 0,00%

Soja Disponível R$ 67,30 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.