Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 12/11/2019

Política de MT - A | + A

09.12.2016 | 17h20

'Delação virou execução sumária', reclama deputado

Facebook Print google plus

Após a Procuradoria Geral da República (PGR) entender que não existem elementos suficientes para abrir investigação no episódio de suspeita de corrupção na Secretaria de Estado de Educação desvendado pela Operação Rêmora, o deputado federal Nilson Leitão (PSDB) desabafou e disse que enxerga um modelo preocupante de Estado no Brasil na qual vigora a condenação antecipada sem a oportunidade de defesa aos acusados.

Chico Ferreira/A Gazeta

Deputado Nilson Leitão (PSDB) critica condenação antecipada contra agentes políticos.

“A delação virou uma execução sumária. Numa investigação, têm que se ouvir todas as partes, assegurar o direito a ampla defesa e contraditório. Infelizmente, se algum agente político é citado numa delação ou vira réu já é antecipadamente condenado e linchado publicamente. Essa condenação prévia está refletindo também no cidadão comum. Isso preocupa numa democracia”, disse.

No termo de colaboração premiada firmado com o Ministério Público Estadual (MPE) , no qual se compromete a auxiliar a Justiça a desvendar o esquema de corrupção investigação pela Operação Rêmora do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), o empresário Giovani Guizardi declarou que o deputado federal Nilson Leitão (PSDB) foi o responsável pelas indicações do ex-secretário de Educação, Permínio Pinto, e do ex-assessor especial Fábio Frigeri. Ambos estão presos preventivamente.

O parlamentar negou que tenha feito qualquer indicação ao governador Pedro Taques (PSDB) e assegurou que o Executivo obteve total autonomia para compor a equipe administrativa que assumiu as funções no dia 1º de janeiro de 2015.

“Nunca vi esse moço [Giovani Guizardi] na minha vida. Sempre defendi que todos os cargos de primeiro escalão fossem de escolha do governador. O Permínio Pinto sempre foi reconhecido pela competência nos cargos públicos que exerceu e tenho amizade pessoal com ele. Agora, se algum erro foi cometido, terá que ser pago com a Justiça”, completou.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

O fraco desempenho de um time de futebol é culpa do técnico ou jogadores?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 12/11/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,80 9,70%

Algodão R$ 90,05 -0,52%

Boi a Vista R$ 139,00 1,83%

Soja Disponível R$ 66,60 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.