Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 13/08/2020

Política de MT - A | + A

Universidades nas ruas 08.07.2020 | 21h15

Deputado quer pesquisa com anticorpos para saber real situação da covid em MT

Facebook Print google plus

Governo de SP

Governo de SP

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) destacou a necessidade de uma pesquisa para verificar o tamanho real da epidemia de covid-19 em Mato Grosso. A análise, feita por amostragem, é chamada de inquérito de soroprevalência, e verifica o percentual da população que tem ou já teve a doença. O deputado também é médico sanitarista e acompanha semanalmente a evolução da covid-19 no estado.

 

Lúdio propõe que a pesquisa seja feita pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e pela Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e custeada pela Assembleia Legislativa. Já que a Casa está com o curteio reduzido por conta do trabalho remoto. 

 

“O inquérito de soroprevalência nos permite ter a estimativa do número real de infectados, para projetar a taxa de contágio e a evolução da curva da epidemia. Poderemos saber também qual a parcela da população que já teve a covid-19 e agora está imunizada. A pesquisa é necessária porque os números oficiais são apenas a ponta do iceberg. O número real de casos da doença pode ser dez vezes maior”, explicou Lúdio.

 

Leia também - Com 19 mortes e sem UTI, prefeito abre comércio e academia

 

Pesquisa semelhante feita na cidade de São Paulo mostrou que na cidade há mais de 1,1 milhão de pessoas com anticorpos para o novo coronavírus, o que possibitilitou a evolução do plano de reabertura da cidade.

 

A proposta foi apresentada pelo deputado à Comissão de Saúde, que aprovou a proposição e apresentou um requerimento para que a Assembleia Legislativa pague os custos da realização da pesquisa. Lúdio já havia recomendado a realização do inquérito em carta aberta ao governador e autoridades do estado, há cerca de três semanas.

 

“O resultado desse inquérito é muito relevante, pois nos permite enxergar o cenário real da pandemia. Se conseguirmos realizar o inquérito de soroprevalência em Mato Grosso, conseguiremos saber com antecedência quando a epidemia atingirá o pico e começará a descida. Com isso, as medidas de combate à covid podem ser tomadas com base em projeções mais precisas”, afirmou Lúdio.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 13/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,90 -1,24%

Algodão R$ 95,26 -0,53%

Boi a Vista R$ 134,02 0,01%

Soja Disponível R$ 70,00 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.