Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 21/10/2020

Política de MT - A | + A

preservação ambiental 19.09.2020 | 10h31

Discurso de Bolsonaro em Mato Grosso é alvo de críticas de políticos

Facebook Print google plus

O discurso do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o "exemplo" do Brasil sobre preservação ambiental, durante a sua visita a Sinop (500 km ao norte de Cuiabá), não caiu bem. Isso porque enquanto ele negava a crise causada pelos incêndios em Mato Grosso o próprio avião presidencial teve dificuldades para pousar por causa da fumaça. A questão foi alvo de críticas de políticos e também de moradores da cidade.

 

Entre os políticos que criticaram a postura do presidente estão o professor e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos. "O avião de Bolsonaro arremeteu hoje no Mato Grosso por causa da fumaça das queimadas no Pantanal. Ele foi ao estado para compromissos com o agronegócio. Considera que os incêndios são normais. Parece que a natureza não concorda e deu um jeito de mostrar isso", postou ele no Twitter.

 

Reprodução/Twitter

Guilherme Boulos

 

Leia também - Em Sinop, Bolsonaro diz que país é 'exemplo' em preservação

 

Já o líder do PT no Senado, Humberto Costa, compartilhou uma matéria sobre os problemas do avião do presidente. "Talvez, assim, Bolsonaro tenha sentido um pouco da tragédia que está provocando ao Pantanal", escreveu ele no Twitter.

 

Outro que manifestou contra a postura de Bolsonaro foi o coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista, o deputado federal Alessandro Molon (PSB-RJ). "Chega de negacionismo! O governo precisa assumir a responsabilidade e agir contra a tragédia que está acontecendo no Pantanal".

Reprodução/Twitter

deputado Enio Verri

 

Para o também deputado federal Enio Verri (PT-PR), o acidente com o avião presidencial é mais uma prova da tragédia ambiental.

 

"O negacionista Bolsonaro disse que as denúncias contra as queimadas não passam de interesses econômicos de enfraquecer o agronegócio. Hoje, ao chegar em Sinop (MT), o piloto teve de arremeter o avião presidencial devido à falta de visibilidade causada pela fumaça das queimadas".

 

Uma das poucas parlamentares de Mato Grosso que critica Bolsonaro, a deputada federal Rosa Neide (PT) também usou as suas redes sociais para alertar para os incêndios no Pantanal e a falta de atenção do presidente. "Vai continuar negando Jair Messias Bolsonaro? A natureza não dorme! #sosopantanal #pantanalemchamas"

 

Confira as postagens

Galeria de fotos

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Elydio Bechara Reichdan Honório dos Sant - 20/09/2020

Devemos fazer ouvidos moucos para os petralhas e não divulgar seus comentários e ações, já que não podemos exterminar vamos neutralizar com o nosso silêncio, e colocar na cadeia os criminosos.

1 comentários

1 de 1

Enquete

Como você avalia a ausência de um candidato convidado para debater com adversários?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 21/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 57,50 1,77%

Algodão R$ 118,67 3,64%

Boi a Vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 156,30 0,35%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.