Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 22/10/2020

Política de MT - A | + A

Deu em A Gazeta 17.08.2020 | 07h29

Dossiê sobre candidata é entregue a Bolsonaro

Facebook Print google plus
Lázaro Thor Borges e Pablo Rodrigo

redacao@gazetadigital.com.br

João Vieira

João Vieira

Um dossiê com todas as informações e ações da tenente-coronel Rúbia Fernanda, candidata ao Senado pelo Patriotas, já se encontra nas mãos do presidente Jair Bolsonaro, que havia declarado apoio à militar em março.

 

O documento foi entregue há 15 dias e já vem causando efeitos, já que Bolsonaro ainda não se manifestou, recentemente, se mantém ou não o apoio à oficial da Polícia Militar. O documento detalha principalmente a atuação política do seu marido, que disputou as eleições de 2018 pelo PV. O dossiê conta com áudios e vídeos, onde ele apareceria criticando a candidatura de Jair Bolsonaro.

 

O que mais pesa é que, em muitas imagens, Rúbia Fernanda aparece ao lado do esposo durante a campanha. A coligação ainda era composta por partidos de esquerda, como PT e PCdoB. O documento também levanta suspeita sobre o patrimônio pessoal do casal, ainda que ambos sejam oficiais graduados da PM.

 

Conforme o jornal A Gazeta apurou, o documento foi produzido por pessoas de confiança do próprio presidente da República. Não se sabe se foi produzido por algum órgão oficial do governo federal ou por pessoas ligadas ao entorno dos Bolsonaro.

 

Porém, com o documento em mãos, o presidente decidiu ‘segurar’ uma gravação que já havia feito para a pré-candidata e passou a analisar todo o conteúdo. A preocupação do Palácio do Planalto é de que, caso mantenha o apoio à tenente-coronel, o dossiê venha a público, o que poderia constranger o presidente em seu apoio.

 

Somado a isso, pesquisas internas também mostram que a candidatura do Patriotas não vem nada bem. Em algumas, Rúbia Fernanda nem chega a pontuar, o que também está sendo levado em consideração.

 

Diante dessas informações, outras candidaturas mais À direita buscam tentar fazer com que o presidente recue do apoio à tenente-coronel e passe a apoiá-los. Entre essas estão a do empresário Reinaldo Moraes (PSC), o deputado estadual Elizeu Nascimento (DC) e o deputado federal José Medeiros (Podemos)

 

Leia mais notícias sobre Política de MT na edição do Jornal A Gazeta

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Zenil Marques Da Silva - 17/08/2020

Ate parece que o presidente e um mar de honestidade kkkkkkkk família unida na rachadinha, centrão entre outros kkkk.... vote independente de apoio político: Eles se unem só para resolver os seus próprios interesses, o povo e que se lasca. Sempre foi assim... hora de análise técnica não pelo apoio...

Mariane RAMOS - 17/08/2020

Dossiê??? Fofoca de comadres?? A eleição suplementar ao senado virou guerra de egos, vaidades e domínio econômico. Primeiro, Sr Wanderson estava no projeto de fundação do partido militar com Bolsonaro quando, não efetivou novo partido, veio a disputar cargo pelo PV, isso de conhecimento do presidente. Segundo, casal, família é natural a esposa acompanhar seu esposo em projetos, políticos ou não, isso é natural. Terceiro, sobre o enriquecimento, evolução patrimonial do candidato, declarado fins registro ao TSE super natural ocorrer. O que não pode esses senhores marmanjos oportunistas e invejosos ficar buscando pêlo em ovos, pois até quem ja possui mandato pide passar de bom moço se usa de frutaria ou empresários com benefícios fiscais de uma mãe como o BNDES. Portanto, busquem projetos, propostas e melhorias reais para a população matogrossenses ao invés de julgar pessoas. Luto por política limpa sem vícios !

cidão - 17/08/2020

Sou ex-militar do exercito,e posso dizer que toda vez quem governo militar das antigas assume o poder sempre será isso, o nosso povo ainda não aprendeu a votar?

3 comentários

1 de 1

Enquete

Como você avalia a ausência de um candidato convidado para debater com adversários?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 22/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 57,50 1,77%

Algodão R$ 118,67 3,64%

Boi a Vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 156,30 0,35%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.