Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 29/05/2020

Política de MT - A | + A

Boletim da Sefaz 23.05.2020 | 09h37

Economia de Mato Grosso seguiu com baixo desempenho após Dia das Mães

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Coronavirus / Covid-19 / Máscaras / Máscara Descartável / Prevenção

A economia de Mato Grosso segue com desempenho abaixo dos valores que eram registrados antes da pandemia do novo coronavírus. As vendas formais registradas entre 11 a 15 de maio foi de -14%, se comparadas com o nível pré-crise, segundo boletim semanal da Sefretaria de Estado de Fazenda (Sefaz). 

 

Antes, Mato Grosso comercializava semanalmente R$ 1,299 bilhão, nesta semana a comerciação foi de R$ 1,123 bilhão, uma redução de 14% no volume tributável. Na semana anterior (entre 4 e 8 de maio) a redução havia sido de 12%, mesmo sendo pior que a semana anterior a redução não é a pior semana da crise já que entre os dias 06 e 10 de abril houve uma retração de 33% da economia, se comparado ao período pré-crise. 

 

A região Norte de Mato Grosso foi a responsável por R$ 361 milhões em vendas no período, seguido do Sul do estado com R$ 258 milhões, a Região Metropolitana e Baixada Cuiabana por R$ 201 milhões, R$ 124 milhões a região Noroeste, R$ 109 milhões a região Leste e R$ 69 milhões a região Oeste do estado. 

 

Leia também - Alimentos vencidos abarrotam depósito de Secretaria de Estado

 

Cuiabá é a cidade mais afetada pela crise do novo coronavírus, a economia da capital teve retração diária de R$ 33,4 milhões, em Rondonópolis as vendas caíram R$ 23,2 milhões por dia e a queda foi de R$ 20,7 milhões ao dia em Sorriso. 

 

A agropecuária movimentava R$ 465 milhões antes da crise, mas na semana analisada movimentou R$ 379 milhões. Houve uma recuperação da indústria no estado, antes o setor comercializava R$ 233 milhões, no auge da crise comercializou R$ 160 milhões e na última semana comercializou R$ 231 milhões, ou seja, apenas 1% abaixo do que comercializava anteriormente. 

 

O setor de comércio e serviços tinham volume de venda de R$ 600 milhões antes da crise, segue em recuperação lenta e na semana analisada comercializaram R$ 513 milhões, uma redução de 15% no volume de vendas do período pré-crise. As lojas de departamento e magazines venderam 92% a menos que no período pré pandemia.  

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

A constante troca de ministros pelo presidente Jair Bolsonaro compromete a sua gestão?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 29/05/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 24,15 0,21%

Algodão R$ 98,30 -0,36%

Boi a Vista R$ 137,00 0,00%

Soja Disponível R$ 67,70 -1,60%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.