Publicidade

Cuiabá, Domingo 31/05/2020

Política de MT - A | + A

desmatamento na amazônia 20.05.2020 | 21h15

Em passagem breve, ministro vê Operação Verde Brasil 2 com otimismo

Facebook Print google plus

Chico Oliveira

Chico Oliveira

A 13º Brigada de Infantaria Motorizada recebeu a visita do ministro da Defesa, general Fernando Azevedo, nesta tarde de terça-feira (20). O ministro veio acompanhar as atividades da Operação Verde Brasil, deflagrada pelo governo federal no último dia 11.


A operação visa ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais, direcionadas ao desmatamento ilegal e focos de incêndio nos estados que fazem parte da Amazônia Legal. O combate segue até o dia 10 de junho.


Em breve depoimento à imprensa, Azevedo demonstrou otimismo com relação aos resultados de apreensão em Mato Grosso. Conforme apresentado para o ministro em reunião com as Forças Armadas, mais de 9 mil metros cúbicos de madeira ilegal extraída foram apreendidas.

 

Leia também - Em 24 horas, 85 registros da covid-19 e MT chega 1.090 casos


"Vim aqui para ver como está o auxílio do governo federal aos estados. Temos 130 mil militares para ajudar a família brasileira em todas as regiões. As forças armadas estão à disposição do Estado de Mato Grosso", declarou.

 

O governador Mauro Mendes comentou sobre o pedido feito ao presidente Jair Bolsonaro, de integrar as Forças Armadas na operação para intensificar o combate as queimadas. "Com o reforço das forças armadas, seremos ainda mais efetivos. Já aplicamos mais de R$ 300 milhões em multas e estamos dando um recado claro para quem acha que pode desmatar e continuar na impunidade. Teremos tolerância zero com o crime".


As ações ocorrem na faixa de fronteira, terras indígenas, unidades federais de conservação ambiental e outras áreas federais nos estados da Amazônia Legal. Foi autorizada, ainda, a atuação das Forças Armadas na operação.


De acordo com dados da assessoria da 13º Brigada, em 5 dias de operação, 900 mil metros cúbicos de madeira foram apreendidos, levando em consideração Acre, Mato Grosso e Rondônia. A Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) apura ainda a procedência de 3 mil metros cúbicos de madeira.


Além disso, 200 kg de pasta base de cocaína foram detidos, avaliados em R$ 100 milhões. Na terça-feira (19), os militares conseguiram apreender 200 kg de maconha, além de 8 veículos que auxiliavam na extração ilegal de madeira. Ao todo, 19 veículos, entre tratores e caminhões já foram retirados de circulação.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Edição digital

Domingo, 31/05/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 22,75 -1,52%

Algodão R$ 96,35 0,69%

Boi a Vista R$ 132,40 -0,45%

Soja Disponível R$ 70,25 0,72%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.