Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 22/10/2020

Política de MT - A | + A

Negociação para o Senado 25.09.2020 | 17h12

Em vídeo, Pivetta esclarece que não participou de conversas do PDT com Euclides

Facebook Print google plus
Pablo Rodrigo e Noelisa Andreola

redacao@gazetadigital.com.br

João Vieira

João Vieira

O vice-governador Otaviano Pivetta (PDT) se manifestou em vídeo na rede social, nesta sexta-feira (25), perante a denúncia anônima sobre uma possível negociação do seu partido para apoiar o candidato Euclides Ribeiro (Avante), na eleição suplementar ao Senado.


"Preciso me posicionar sobre as notícias que foram veiculadas há poucos dias sobre coligações, especialmente sobre a do meu partido PDT com o candidato a senador Euclides. A única coisa que eu fiz foi apresentar ele ao presidente do meu partido não participei de nenhuma conversa, de nenhuma negociação', explicou.


O vice ainda fez questão de enfatizar que também nunca contratou nenhum serviço do candidato. "O Euclides, advogado, nunca prestou serviço para uma empresa minha, então para que se restabeleça a verdade nada tenho a ver com os termos que foi combinada essa coligação", reiterou.

 

Segundo Pivetta, ele também ainda não se decidiu sobre qual nome irá apoiar nesta eleição ao Senado. "Eu liberei meu partido, mas ainda não defini qual candidato irei apoiar nesse pleito".


Entenda o caso


Uma denúncia anônima que chegou ao e que também teria sido apresentado na Justiça Eleitoral revela uma possível compra de apoio do PDT na eleição suplementar ao Senado pelo candidato Euclides Ribeiro. No áudio, o presidente estadual do PDT, deputado Allan Kardec, pede permissão aos dirigentes pedetistas para "fechar" o apoio e que, depois,"presencialmente" discutiria "estrutura partidária", já que Euclides teria "muita condição de nos ajudar".


Segundo Kardec, a indicação para o apoio partiu do vice-governador Otaviano Pivetta, logo após que ele anunciou a desistência de concorrer ao Senado. O deputado lembra que Euclides é especialista Recuperações Judiciais das empresas de massa falida em Mato Grosso. "Ele fez Recuperação Judicial do Grupo do Pivetta, do Grupo do Zeca [Viana], do Grupo do Marino Franz. Então ele tem uma percepção sobre advocacia muito forte", justificou.


Outro lado


O deputado Allan Kardec negou que tenha feito qualquer negociação financeira com Euclides Ribeiro, e que "dificilmente" teria dito para os correligionários sobre recursos financeiros, e do que chamou de "parceria".

 

Porém, o deputado alega que Euclides Ribeiro precisará de recursos financeiros para poder realizar campanha no Estado.
E que o apoio financeiro que será negociado com o PDT será dentro da lei e através de doações e materiais de campanha. "É o que todo mundo faz", disse. Kardec também afirmou que as negociações com Euclides se deu "em defesa do legado" do PDT e dentro da "legalidade".


Depois, resolveu se pronunciar por meio de nota, disse que "jamais faria qualquer acordo que não fosse sobre a égide das regras eleitorais, tanto é que fizemos a Convenção Estadual do PDT de forma virtual e totalmente gravada onde foi aberto o debate a todos os dirigentes".


"E ainda, o PDT está na chapa ocupando a Segunda Suplência, estamos crescendo e começando a incomodar e o jogo sujo começou pra tentar nos intimidar, pois falamos claramente que vamos combater o capital especulativo que explora nosso povo".


Já o candidato ao Senado Euclides Ribeiro negou qualquer acordo financeiro e que todo apoio que conquistou ocorreu dentro de ideias e projeto. "Nunca existiu isso. Defendo e faço a nova política", afirmou. "Somos contra qualquer tipo de negociação financeira, e vamos combater isso nas eleições", finalizou.

 

Procurado, o deputado e presidente do PSB em Mato Grosso, Max Russi, negou qualquer conversa com o postulante ao Senado sobre recursos e, que, o acordo se deu por conta da primeira suplência, que ficou com o partido. "O apoio só foi fechado porque ele foi o único que nos ofereceu a primeira suplência. Nós do PSB estamos com ele por isso".

 

Veja vídeo de Otaviano Pivetta

 

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Como você avalia a ausência de um candidato convidado para debater com adversários?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 22/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 57,50 1,77%

Algodão R$ 118,67 3,64%

Boi a Vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 156,30 0,35%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.