Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 14/11/2019

Política de MT - A | + A

Mudanças no Alencastro 13.08.2019 | 17h56

Emanuel confirma saída do procurador-geral do município

Facebook Print google plus
Vitória Lopes e Ana Flávia Corrêa

redacao@gazetadigital.com.br

Tchelo Figueiredo/Sicom

Tchelo Figueiredo/Sicom

Ao contrário do que previa na semana passada, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou que a reforma administrativa de sua gestão deverá ser encaminhada à Câmara dos Vereadores até a próxima terça-feira (20).

 

De acordo com o prefeito, durante o processo ele teve que alterar e apurar algumas sugestões, além de ter feito algumas reuniões na gestão, que atrasou a entrega. A expectativa era que o projeto estivesse finalizado e fosse encaminhado para à Câmara nesta terça-feira (13).

 

Leia também - Emanuel Pinheiro manda reforma administrativa até terça para Câmara de Vereadores

 

“Vou finalizar e agora é definitiva. Também não é nenhuma sangria desatada e nenhuma amarração, até porque é um ajuste que eu estou fazendo, mas eu vou lançar pegando essas novas propostas que vou estudar de segunda pra terça-feira, até o dia 20”, disse.

 

Faltando um ano e meio para o fim da gestão, o emedebista pensa na reforma administrativa como uma forma de equilibrar as contas do município. Ele ainda mantém suspense sobre quais serão as pastas extinguidas, criadas e até mesmo fundidas.
Além disso, uma das propostas é reduzir os gastos. “Vocês estão presenciando obras, ações e projetos que serão entregues para população cuiabana e agora quero só adequar isso. Não há nenhum risco, estou sendo apenas preventivo, responsável, isso se chama responsabilidade fiscal”, garante.

 

Questionado sobre Luiz Possas de Carvalho, que é procurador-geral do município e secretário de Saúde, o prefeito assegura que ele irá sair da procuradoria, mas seu destino dentro da gestão é incerto. A pasta foi alvo da Operação Sangria e teve o então gestor, Huark Corrêa, preso acusado de fraude em licitações de desvio de recursos.

 

“O futuro dele é sair da procuradoria, isso eu já decidi. Agora, se ele vai continuar secretário de Saúde ou vai pra outra pasta, é o que eu vou fechar até o dia 20”, explica.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Você acredita que os descontos da Black Friday são reais?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 14/11/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,00 3,83%

Algodão R$ 90,42 -0,12%

Boi a Vista R$ 135,08 -0,46%

Soja Disponível R$ 65,70 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.