Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 07/08/2020

Política de MT - A | + A

antes de começar a valer 03.07.2020 | 09h49

Emanuel Pinheiro recua de rodízio de veículos e de pessoas na Capital

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Coronavirus / COVID-19

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), decidiu revogar o rodízio de carros e do atendimento nas atividades essenciais na Capital. O secretário de Ordem Pública, Leovaldo Sales, confirmou ao que a medida não teria aplicabilidade, o que moticvou o recuo do prefeito. Apesar de ainda não ser oficial, o secretário garantiu que será anunciada ainda hoje.

 

Ainda na noite de quinta-feira (2), o presidente da Federeção da  Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Gustavo de Oliveira, disse que o prefeito havia analisado as críticas da entidade, sinalizando uma possível alteração no decreto. Até então, estava marcada uma reunião para a manhã desta sexta-feira entre os setores empresariais e o prefeito, justamente para alinhar alguns pontos do decreto.

 

Leia também - Emanuel determina rodízio de veículos e de atendimentos em bancos, lotéricas e supermercados

 

 

Polêmico, o decreto causou repercussão negativa nas redes sociais e no meio político. As medidas mais rígidas estavam previstas para entrar em vigor na segunda-feira (6). As restrições incluíam dias da semana para circular com o carro, o famoso rodízio, e também dias para frequentar estabelecimentos que fornecem serviços essenciais como supermercados, bancos e lotérias, de acordo com o número final do CPF.

 

Apesar do recuo nesses dois pontos, continuam mantidas as restrições ao funcionamento de motéis, shoppings e escolas, além da manutenção das medidas de biossegurança mesmo dentro de condomínios que já estavam em vigor.

 

 

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Paulo Lima - 03/07/2020

Um verdadeiro desgoverno! É bem Jerico... Libera placa de veículos e cpf, me explica uma coisa, se a pessoa que possui um veículo com placa liberada e cpf não esta liberado? Faz o quê? Morre em casa? Toma uma multa? Qual é a base de 'case' utilizaram essa cômica decisão unilateral e lunática? É muito tempo vago para pouca produtividade nessa gestão municipal de Cuiabá. Vergonhoso!!!

Fabiano - 03/07/2020

A população reclama, reclama, mas não faz a sua parte, dai fica difícil né... Se fizer uma enquete com o seguinte titulo: "Você conhece alguém próximo ou distante de sua família, que faleceu em decorrência aos males causados pelo covid-19", a resposta pode ser espantosa! O governo do estado e prefeituras tem suas responsabilidades e não podem ficar omissas ao fato de que a disseminação do vírus esta circulando e infectando em grande escala logarítmica e real... Com tudo, outro fator claro é a falta de conscientização da população, é assombroso, chega a ser ridículo um ser humano não se preocupar com os seus, pessoas estão morrendo, entes queridos mortos e mesmo assim algumas pessoas agem sem a menor responsabilidade social... Fica aquela máxima, só sabe quem perdeu ou só vai aprender quando perder e nesse caso estamos falando de vida humanas!

Fabiano - 03/07/2020

A população reclama, reclama, mas não faz a sua parte, dai fica difícil né... Se fizer uma enquete com o seguinte titulo: "Você conhece alguém próximo ou distante de sua família, que faleceu em decorrência aos males causados pelo covid-19", a resposta pode ser espantosa! O governo do estado e prefeituras tem suas responsabilidades e não podem ficar omissas ao fato de que a disseminação do vírus esta circulando e infectando em grande escala logarítmica e real... Com tudo, outro fator claro é a falta de conscientização da população, é assombroso, chega a ser ridículo um ser humano não se preocupar com os seus, pessoas estão morrendo, entes queridos mortos e mesmo assim algumas pessoas agem sem a menor responsabilidade social... Fica aquela máxima, só sabe quem perdeu ou só vai aprender quando perder e nesse caso estamos falando de vida humanas!

3 comentários

1 de 1

Enquete

Após a reabertura dos shoppings, você voltou a frequentar como antes da pandemia?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 07/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23,55 1,51%

Algodão R$ 91,07 -1,12%

Boi a Vista R$ 131,00 0,00%

Soja Disponível R$ 74,00 -1,33%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.