Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 21/09/2020

Política de MT - A | + A

Deu em A Gazeta 26.07.2020 | 08h50

Emanuelzinho é pré-candidato a prefeito de VG

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

O PTB oficializou a pré-candidatura do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto para a Prefeitura de Várzea Grande. O movimento também atinge as articulações políticas em Cuiabá, já que pode indicar uma desistência de Emanuel Pinheiro (MDB) à reeleição.

 

“Tivemos uma reunião interna do partido. E os membros desejam oferecer uma candidatura sólida em Várzea Grande para dar continuidade e avançar no bom trabalho que a prefeita Lucimar vem realizando”, disse Emanuelzinho ao jornal A Gazeta.

 

O parlamentar esteve com o senador Jayme Campos (DEM) anunciando a decisão do PTB e buscando uma possível coligação com o DEM, que tem interesse em fazer a sucessão da prefeita Lucimar Campos (DEM).

 

Ele afirma que a sigla pretende crescer e administrar cidades importantes do Estado, visando as eleições gerais de 2022 ao governo do Estado, Assembleia Legislativa, Câmara Federal e Senado.

 

Emanuelzinho evitou misturar a sucessão de Várzea Grande com Cuiabá, sinalizando serem assuntos distintos e que independente de sua decisão, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro vai tomar adotar uma postura quanto a uma possível disputa à reeleição ou não.

 

“Não tem como não discutir este assunto, ainda mais entre ele (Emanuel Pinheiro) e eu, mas cada um tem seus compromissos assumidos em eleições distintas e até mesmo compromissos partidários, pois ele é do MDB e eu sou do PTB, portanto, estão discutindo e vendo, mas sem decisão tomada”, afirmou.

 

Apesar disso, Emanuel Pinheiro já disse anteriormente que uma possível candidatura do filho em Várzea Grande seria um motivo forte para que desistisse da reeleição, para ajudar na campanha de Emanuelzinho na cidade vizinha.

 

“Quero poder ajudar Várzea Grande. Se para a cidade for frutífera uma candidatura de minha parte estou à disposição do partido para debater a pré-candidatura. Mas se for melhor para o município que continue o servindo como deputado federal, vou seguir cumprindo minha missão. Quero o que for melhor para Várzea Grande”.

 

Confira reportagem completa na edição do Jornal A Gazeta

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Vimar Francisco Da Costa - 03/09/2020

Nunca tera meu voto vejo um tremendo oportunista.

Gilce da Silva Costa - 27/07/2020

Lamentável!!! Em Várzea Grande não temos pessoas capacitadas para governar!!! Precisa buscar em Cuiabá? Meu Deus!!! Isso é vergonhoso. Irmãos e Políticos honestos de Várzea Grande vamos acordar!!!

Mara - 27/07/2020

Nao vamos esquecer nos funcionarios da varzea grande por essa gestao que deixou os funcionarios sofrendo com o salario defazados o certo nao apoiarmos ninguem que eles apoiar pois vamos.sofrer mais quatro anos ja sofremos.cinco na mao de lucimar.campos nenhum governo fez tao mal.para funcionarios igual essa gestao

Bento - 26/07/2020

A cada dia vamos desanimando mais e mais com nossos políticos, veja aí, mal foi eleito a deputado federal e já quer se mudar para a prefeitura de Várzea Grande, esse tipo de político deveria ter vergonha do faz, pedir para ir ao banheiro e se limpar. Se os eleitores votaram nele para deputado é porque o querem lá, trabalhando e lutando para os interesses do povo mato-grossense e não como ponto de apoio para uma prefeitura qualquer. É muito vergonhoso. Veja o que fez o Sr. Pedro Taques, que o elegeram Senador, traiu todos seus eleitores e se candidatou ao governo de mato grosso.

4 comentários

1 de 1

Enquete

Onze candidatos disputam o Senado, você acha que o número amplia o leque de propostas ou mostra a desunião da classe política?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 21/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,70 0,51%

Algodão R$ 92,23 -0,30%

Boi a Vista R$ 136,50 0,00%

Soja Disponível R$ 66,20 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.