Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 01/12/2020

Política de MT - A | + A

ARTICULADOR DO AGRONEGÓCIO 07.09.2020 | 10h43

Eraí Maggi se mantém influente em eleição ao Senado

Facebook Print google plus

Marcus Vaillant

Marcus Vaillant

O megaprodutor de soja Eraí Maggi (PP) vem buscando manter a sua influência política dentro do Estado de Mato Grosso nesta eleição suplementar ao Senado. Após ver a candidatura do seu afilhado político Carlos Fávaro (PSD) ganhar corpo, Eraí tem se aproximado de outras candidaturas com o intuito de ajudar nos bastidores da campanha.

 

Conforme o apurou, Eraí Maggi procurou a tenente-coronel Rúbia Fernanda (Patriotas) demonstrando interesse em ajudá-la na disputa. O objetivo de Maggi seria se aproximar do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), já que o mesmo declarou apoio ao projeto da coronel.

 

Leia também - Eder Moraes é condenado a 45 anos de prisão por corrupção

 

Nas eleições de 2018, Eraí buscou aproximação com o presidente Bolsonaro, chegando a visitá-lo no hospital, após o atentado a faca em Minas Gerais. Porém, a sua relação de proximidade com os governos anteriores do Partido dos Trabalhores, via o seu primo Blairo Maggi, prejudicou a ação.

 

A aproximação de Eraí teria sido fundamental para que o Patriotas não recuasse de lançar a tenente-coronel na disputa.

 

Eraí também teria conversando com outro candidato ao Senado, o ex-deputado Nilson Leitão (PSDB). A conversa e a promessa de ajuda se devem à atuação de Leitão como consultor da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA).

 

Apesar do partido de Eraí e do seu primo, o ex-ministro Blairo Maggi, estar com Fávaro, Leitão é respeitado dentro da bancada ruralista nacionalmente. Por conta disso, Eraí busca também manter uma boa relação com o tucano.

 

Eraí Maggi é um dos principais articuladores do agronegócio do Estado juntamente com Blairo Maggi. Foi Eraí que lançou Fávaro na política mato-grossense ao indicá-lo para ser vice-governador na chapa de Pedro Taques em 2014, após o próprio Eraí ter recuado de compor a chapa com Taques.

 

Veja nota de esclarecimento 

 

Sobre a reportagem no site Gazeta Digital publicada nesta segunda-feira (07) sob o título “Eraí Maggi se mantém influente em eleição ao Senado”, esclarecemos que a informação não procede. A pré-candidata ao Senado, Coronel Fernanda (Patriotas) não foi procurada pelo empresário, sequer o conhece. Caso seja procurada não tem interesse em fazer a composição com o empresário.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Benedito costa - 07/09/2020

Na verdade esse camarada tá lá preocupado com a pobreza ou até mesmo com os problemas sociais do Estado? A preocupação dele é colocar alguém que fique submisso a ele e garantir seus negócios da soja e outros.

1 comentários

1 de 1

Enquete

Com o resultado da eleição, você acredita em uma Cuiabá melhor a partir de 2021

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 01/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,00 -0,81%

Algodão R$ 127,44 0,81%

Boi à vista R$ 252,99 0,02%

Soja Disponível R$ 154,00 -3,75%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.