Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 28/10/2020

Política de MT - A | + A

'BOM PREFEITO' 22.09.2020 | 09h18

Fagundes garante apoio a Emanuel e desconsidera escândalo

Facebook Print google plus

Luiz Leite

Luiz Leite

O senador Wellington Fagundos (PL) reafirmou que o partido apoia o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) na disputa pelo Palácio Alencastro. Para o político, o fato de o gestor ter se tornado réu no escândalo do paletó passará pelo “julgamento popular”, no entanto, acredita o eleitor irá considerar as ações do emedebista à frente o Executivo municipal já que  “Emanuel tem sido um bom prefeito”.

 

Leia também -Mato Grosso tem 112 prefeitos aptos para a reeleição

 

Emanuel é citado na delação do ex-governador Silval Barbosa (sem partido) como um dos deputados estaduais que receberam "mensalinho" em sua gestão. Os acusados teriam recebido R$ 600 mil em um ano, em troca de aprovar os projetos do Executivo na Assembleia Legislativa. Faz parte da denúncia o vídeo em que Pinheiro aparece guardando maços de dinheiro no paletó. O prefeito, que na época era deputado, nega propina e explica que o dinheiro era referente a pagamento de dívida.


Do ponto de vista do senador, o eleitor irá avaliar a gestão do prefeito para decidir se irá votar nele ou não. Para ele, Emanuel tem vantagem sobre os demais por já estar na prefeitura e ter “mostrado serviço”. Os outros candidatos contam com a expectativa do eleitor sobre a gestão futura.


“Isso quem vai julgar é a população. Penso que numa eleição municipal a população irá escolher o prefeito. Quem já é prefeito e vai para a reeleição, o cidadão vai avaliar as ações dele, se é um bom prefeito e essa avaliação é que vai permitir com que ele seja reeleito. Com os novos, o eleitor vai pensar que este tem uma expectativa assim. Quem já é, não. Ele já vai dizer se serve ou não serve. Eu acho que Emanuel tem sido um bom prefeito”, argumenta.


Sobre o apoio em sua cidade natal, Rondonópolis (215 km ao Sul) Fagundes diz que a sigla ainda não decidiu. Que não lançou candidato e tem tempo para escolher.


“Vou decidir ainda. Discutir com o partido. Não lançamos candidato então temos tempo. Como cidadão que vai escolher, temos de amadurecer, em função da candidatura que foram anunciadas”, esclarece.


Na capital, o partido segue com apenas um candidato a vereador e aliado a Emanuel Pinheiro. “O PL em Cuiabá, só temos um vereador, que é o Chico 2000, e ele esteve sempre apoiando a gestão. O PL decidiu fazer a coligação”, afirma.

 

Apoio ao Senado
Fagundes teceu elogios ao candidato Nilson Leitão (PSDB), que se aliou ao DEM e tem o ex-governador Júlio Campos como primeiro suplente. Para o senador, seria bom se ele fosse eleito, pois Mato Grosso teria 3 senadores alinhados no Senado e isso seria benéfico para o estado.


“Definida nossa posição com PL e apoio a Nilson Leitão com o qual fizemos uma coligação. Nilson Leitão, como candidato a senador, Júlio Campos como candidato a suplente, e o PL indicou o terceiro suplente, que é o Zé Marcio Guedes”, explicou.
O senador enumera diversas qualidades do aliado, entre as principais é a vasta experiência política e bom trânsito em Brasília.


“Ele teve a oportunidade de estar em uma coligação em que pode ter um candidato municipalista, do Nortão. Um candidato da Baixada Cuiabana, com toda experiência do Júlio Campos também, e o Zé Marcio, que já foi chefe de gabinete do governador Blairo, já foi vereador, também tem representatividade na região Sul de Mato Grosso. Minha atividade também, como senador, e Jayme Campos, que são dois senadores experientes. Estamos juntos, se conseguirmos eleger Leitão, seremos 3 senadores sintonizados, com experiência e podendo trabalhar juntos”, pondera.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

CHIRRÃO - 22/09/2020

NÃO VENDAM SEUS VOTOS !! A CORRUPÇÃO SÓ ACONTECE DESSA FORMA !! DESVIAM MILHÕES E MAIS MILHÕES PRA JUSTAMENTE GASTAR NAS CAMPANHAS DE REELEIÇÃO, OU ELEIÇÃO DOS LARANJAS !

1 comentários

1 de 1

Enquete

Com abertura do comércio, bares, igrejas e retomada de festas, você já retomou à rotina?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 28/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,60 0,16%

Algodão R$ 128,61 1,39%

Boi à vista R$ 247,18 2,04%

Soja Disponível R$ 165,00 0,92%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.