Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 04/12/2020

Política de MT - A | + A

Futuro do DEM 15.05.2020 | 07h35

Fábio Garcia desconversa sobre candidatura em Cuiabá

Facebook Print google plus

Tchélo Figueiredo/Secom

Tchélo Figueiredo/Secom

Com o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo (DEM), focado no combate à pandemia do novo coronavírus, o presidente regional do Democratas (DEM), Fábio Garcia, diz que ainda não é o momento de falar sobre política, mas garantiu que o partido terá mesmo candidato em Cuiabá. O democrata não confirmou se será candidato a prefeito, porém, participou da cerimônia de entrega da ampliação do Hospital Metropolitado em Várzea Grande e conversou com a imprensa. 

 

"Na verdade, hoje, acredito que é bastante inoportuno qualquer agente público ou partido político ficar pensando em eleição em vista a crise que a gente tá vivendo, tanto de saúde quanto crise econômica. A pauta principal no nosso estado, no nosso país, na nossa cidade, é com a preservação dos empregos, da renda da nossa população e a outra é com a preservação da vida, a pauta de eleição hoje é fora de contexto", disse. 

 

Leia também - Com 5 investigações, CPI do Coronavírus fica 'suspensa'

 

Sobre a possibilidade de ser o candidato do DEM e do governador Mauro Mendes para as eleições em Cuiabá, Garcia disse que ainda não conversou sobre essa questão dentro do partido. "O governador está bastante focado na gestão dele, em especial neste problema que estamos vivendo [pandemia do novo coronavírus], essa decisão foi postergada e será até o último minuto".

 

No entanto o ex-deputado voltou a afirmar que o DEM terá um candidato na Capital nas eleições municipais. "O DEM terá um nome, sem dúvida alguma, isso já é um compromisso".

 

Fábio considera o momento bastante inoportuno para fazer política. "As chapas foram formadas no período que o calendários impunham. Todo mundo que quer disputar eleição deveria ter filiado até o início de abril, certo? As chapas estão formadas, eu acho que hoje que todo mundo tem que entender a situação, inclusive a nossa chapa de vereadores. É preciso o momento certo para falar de eleição, agora não dá".

 

Ele destacou que pelo atual cenário ainda não é possível saber quando as eleições municipais serão realizadas. "Temos que superar essa crise de saúde, depois retormar a economia e pensar em eleição".

 

Quanto à eleição suplementar ao Senado, que seria realizada no dia 26 de abril, o ex-deputado e presidente do DEM espera que a eleição, por economicidade, seja realizada em conjunto com o pleito municipal.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Paulo Roberto do Nascimento - 15/05/2020

Candidata pra ver o povo tá esperando vcs na urna vai perde até o rumo de casa, o próximo será esse governo incompetente

1 comentários

1 de 1

Enquete

Com o resultado da eleição, você acredita em uma Cuiabá melhor a partir de 2021

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 04/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 59,80 -0,33%

Algodão R$ 126,90 -0,91%

Boi à vista R$ 249,16 -1,37%

Soja Disponível R$ 153,00 -0,97%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.