Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 15/10/2019

Política de MT - A | + A

Racha 17.09.2019 | 09h45

Líder do PSL culpa filho de Bolsonaro por saída de Selma Arruda do partido

Facebook Print google plus

Waldemir Barreto/Agência Senado

Waldemir Barreto/Agência Senado

O líder do PSL no Senado, Major Olímpio, responsabilizou o filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), pela saída da senadora Selma Arruda do PSL e sua migração para o Podemos.

 

Em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo na segunda-feira (16), major Olímpio disse que tentou convencer a senadora por Mato Grosso a permanecer na sigla, porém, sem sucesso. 

 

"Nós que representamos a bandeira anticorrupção do Presidente. Eu tentei convencê-la a ficar e resistir conosco. Quem tem que cair fora do PSL é o Flávio, não ela. Gostaria que ele saísse hoje mesmo”, disse. 

 

Leia também - Jovem de 17 anos morre após ser espancado por amigo em Cuiabá

 

A declaração mostra que sigla anda rachada. Olímpio disse que pensou em deixar o PSL também, no entanto, disse que tentará resistir, já que Flávio Bolsonaro só traria "muita vergonha a nós". 

 

A crise que culminou na saída de Selma Arruda do PSL foi a CPI da Lava Toga. Isso porque o filho do presidente estaria articulando para que a CPI não seja instaurada, chegando a pedir para que os 3 senadores do PSL  - Selma Arruda, Soraya Thronicke (MS-PSL) e Major Olímpio - retirassem suas assinatura do requerimento da CPI. 

 

Selma Arruda chegou a revelar que o filho do presidente gritou com ela ao telefone após falar um palavrão. Nos bastidores a informação é que Flávio Bolsonaro tentar barrar a CPI para sinalizar ao STF que estaria disposto a abrir a porta de diálogo com o governo federal. E em troca disso, conseguiria levar as investigações que é alvo no Rio de Janeiro para o STF. 

 

Podemos 

Selma Arruda anunciou que se filia ao Podemos nesta quarta-feira (18). Segundo a senadora, ela estaria sendo "super bem acolhida na legenda" e que tem obtido apoio para tentar reverter a sua cassação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

CHIRRÃO - 17/09/2019

DOE A QUEM DOER CPI LAVA TÓGA JÁ!!! PARABÉNS SENADORA ME ORGULHO DA SENHORA!

1 comentários

1 de 1

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Ter um diploma leva a uma maior remuneração?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 15/10/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 17,20 -0,29%

Algodão R$ 117,24 -0,23%

Boi a Vista R$ 137,40 -0,29%

Soja Disponível R$ 65,20 -1,51%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.