Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 17/09/2019

Política de MT - A | + A

dezenas de entraves 20.08.2019 | 18h20

Mendes compara empréstimo em dólar à 'novela mexicana'

Facebook Print google plus
Pablo Rodrigo e Vitória Lopes

redacao@gazetadigital.com.br

MARCUS VAILLANT

MARCUS VAILLANT

Após ligação do ministro da Economia, Paulo Guedes, na última segunda-feira (19), o governador Mauro Mendes (DEM) foi informado que mais uma etapa para conseguir o empréstimo dolarizado com o Bank of America, de aproximadamente U$ 250 milhões, foi concluída.

 

Apesar do avanço na negociação, o governador comparou as dificuldades para efetivar o empréstimo como uma “novela mexicana”.

 

Leia também - Governo avança na negociação para conseguir empréstimo

 

“Está uma novela mexicana para conseguir esse empréstimo, para ajudar na recuperação fiscal do Mato Grosso. Ele me comunicou que tinha dado efeito suspensivo no recurso que nós impetramos, por conta do descumprimento que Mato Grosso fez do pacto assinado em 2017, e que em 2018 não cumpriu as metas que o Estado assumiu com o Tesouro Nacional, naquela repactuação de dívida”, detalhou Mendes sobre o telefonema com o ministro, que aconteceu às 21h30.

 

Dois obstáculos já haviam sido vencidos por meio de decisões judiciais do Supremo Tribunal Federal (STF). O Poder Judiciário determinou, ainda, que o Tesouro Nacional ignorasse o fato de que o Estado estourou os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), para dar enfim dar aval ao empréstimo.

 

Preocupado, Mendes ainda destaca que essas sucessões de problemas poderiam ainda ter levado Mato Grosso a pagar uma multa de R$ 500 milhões. A burocracia da operação financeira também aflige o gestor.

 

“Ontem foi mais uma vitória, mas ainda temos um longo caminho a percorrer. Parece que tem alguém em Brasília jogando contra. Porque toda hora aparece um problema, que a gente está conseguindo vencer. Estamos remando, pra ver se nós conseguimos chegar ao final com êxito, que será muito bom para a recuperação fiscal do estado”, comenta.

 

Indagado se quem está atrasando o processo seria a Procuradoria Geral da República, o governador pondera. “Não tenho elementos para afirmar. Só fiz uma afirmação porque é muito problema que tem surgido. Mas na verdade, até agora isso são consequências de fatos pretéritos que imaginamos que nunca vai dar nada e uma hora a conta chega, e a conta esta chegando. Então temos que ter muita responsabilidade com a nossas atitudes no presente”.

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Sobre o aumento de 600% no número de casos de dengue no Brasil é mais correto dizer que:

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 17/09/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,85 0,51%

Algodão R$ 95,13 0,45%

Boi a Vista R$ 132,50 0,38%

Soja Disponível R$ 62,00 -2,36%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.