Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 26/11/2020

Política de MT - A | + A

obra inacabada 05.10.2019 | 11h03

Mendes diz não ver funcionalidade em concluir COT de VG

Facebook Print google plus
Ana Flávia Corrêa

anaflavia@gazetadigital.com.br

Reprodução

Reprodução

O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que o Centro Oficial de Treinamento (COT) Pari, em Várzea Grande, não tem funcionalidade. A obra, orçada em R$ 31,7 milhões, estava prevista para ser entregue para a Copa do Mundo de 2014.

 

Leia também - De férias em Cuiabá, jovem vai à boate, passa mal e morre

 

"Nós já temos o Verdão, temos esse COT aqui (da UFMT), temos o Dutrinha. Temos muitos estádios de futebol dentro de Cuiabá e Várzea Grande, então precisamos saber efetivamente qual vai ser a utilidade daquele espaço. Terminar para depois abandonar não faz o menor sentido. Nós não temos dinheiro para jogar fora", afirmou, em coletiva com a imprensa na manhã deste sábado (5). 

 

Mendes pontuou que, até o momento, não houve nenhuma proposta de alguma alternativa viável para que o COT Pari seja um equipamento público com funcionalidade. O secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo Oliveira, considerou a possibilidade de firmar parcerias para realização da obra. 

 

Se houver um acordo, o local pode ser disponibilizado para clubes esportivos da região ou até mesmo para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 

 

"Temos que ser profissionais. A partir do momento em que a pessoa se mostrar interessada ela tem que fazer a manutenção. Então tem que apresentar um plano de trabalho e atuação. (...) O ideal seria se a gente encontrasse parceiros para a conclusão, porque o estado vive um momento crítico de falta de recursos, não é interessante você ter mais gastos ainda", concluiu. 

 

Imbróglio

Depois de cinco anos da data prevista de sua entrega, o COT Pari está abandonado. A obra era comandada pelo Consórcio Barra do Pari, liderado pela empresa Engeglobal. Ao menos R$ 21 milhões foram repassados para a empresa. 

 

Na época, a Engeglobal afirmou que as obras sofreram uma série de intercorrências alheias a suas vontades que culminaram em atrasos sucessivos no cronograma e, por isso, o centro de treinamento não ficou pronto a tempo da Copa do Mundo.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Você concorda com o retorno das aulas presenciais em fevereiro ou acha melhor esperar a vacina?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 26/11/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 62,00 -1,59%

Algodão R$ 123,62 1,02%

Boi à vista R$ 254,10 -1,15%

Soja Disponível R$ 159,00 -2,90%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.