Publicidade

Cuiabá, Sábado 16/11/2019

Política de MT - A | + A

Sem justa prova 07.11.2019 | 16h50

MPE pede o arquivamento de investigação contra Adevair Cabral

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

Por falta justas de provas, o Ministério Público Estadual (MPE) decidiu arquivar um inquérito contra vereador Adevair Cabral (PSDB). O inquérito havia sido aberto por uma denúncia anônima de que a sede reativa da Associação dos Servidores da Prefeitura de Cuiabá (Aspe) estaria sendo usada pelo tucano para promover prostituição de menores. 

 

Leia também - Defesa cita deputada, critica promotor e pede absolvição de Lesco

 

O MPE investigou o caso, foi até o clube da Aspe e, segundo o caseiro do local, há quatro meses não há festas no local. O Ministério Público foi informado de que as festas ditas na denúncia poderiam estar acontecendo no Club do Jonathan, localizado atrás do Clube da Aspe. 

 

Um vizinho do referido clube colaborou com as investigações e informou que festas acontecem com frequência no Clube do Jonathan e que os participantes são pessoas suspeitas. 

 

Sustentou ainda que já ouviu tiros no local e que a polícia já chegou a fechar festas no clube que é todo murado e dificulta a visibilidade do que acontece lá dentro.

 

Além de Adevair também foi denunciado Jaburitã Francisco Nunes, ele foi procurado na investigação e passou as informações sobre "bagunça" no clube dos fundos. Ele reforçou que no clube da Aspe há placas que informam sobre sobre a proibição de som automotivo no local. 

 

Diante disso, o Ministério Público promoveu o arquivamento or falta de justa prova contra o vereador.  

 

Quanto ao clube da Aspe, de onde Adevair tem ligação, funcionários disseram que o  local é frequentado por família de servidores da Prefeitura de Cuiabá. 

 

Adevair também é acusado de assédio contra servidora da Prefeitura de Cuiabá. O vereador teria mandado uma foto íntima à servidora. 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

O que você guardaria numa cápsula do tempo?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 15/11/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 17,90 -1,10%

Algodão R$ 90,40 -0,53%

Boi a Vista R$ 138,67 -0,47%

Soja Disponível R$ 64,30 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.