Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 21/01/2020

Política de MT - A | + A

em debate 06.12.2019 | 07h01

Poderes gastarão R$ 148 mi a mais com aumento da alíquota da Previdência

Facebook Print google plus
Thalyta Amaral e Pablo Rodrigo

redacao@gazetadigital.com.br

João Vieira

João Vieira

O aumento do desconto previdenciário dos servidores, que torna obrigatório o aumento do valor pago pela parte patronal, trará um custo extra de R$ 148 milhões nos próximos dois anos para os Poderes. A informação é do consultor legislativo e ex-deputado estadual José Domingos Fraga (PSB), que representou a Assembleia Legislativa no Conselho do MT Prev na quinta-feira (5).

 

Na pauta do Conselho estava o aumento da alíquota paga pelos servidores, de 11% para 14%, conforme determinação do governo federal. Mas, como o aumento da alíquota dos servidores significa que os patrões, no caso os Poderes, terão que contribuir mais para a Previdência, foi solicitado um ajuste nos repasses para sanar esse gasto extra.

 

Leia também - Servidores protestam contra reforma da Previdência em MT

 

Segundo Fraga, em dois anos, apenas para a Assembleia Legislativa, esse custo aumentaria em R$ 20 milhões. “Do Ministério Público em torno de R$ 30 milhões, do Tribunal de Contas do Estado em R$ 60 milhões e da Defensoria Pública algo como R$ 38 milhões”.

 

Os Poderes começaram as negociações com o governo para não arcar com esse prejuízo e receber a mais no duodécimo, para não extrapolar os gastos com folha de pagamento previstas na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

 

“O governo está propenso a fazer isso. Está disposto a melhorar disposição orçamentária para que todo mundo possa cumprir o seu papel. A reunião continua na segunda-feira (9) e a partir daí que vamos tirar um direcionamento para esse projeto de lei complementar”, explica o consultor parlamentar.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Aldo - 06/12/2019

Vão tirar do bolso do funcionário e colocar no bolso dos poderes. Em que ponto essa reforma melhora as contas do estado? Parece mais um pacote de maldades do governador Mauro Mendes. Esses poderes nunca falam em reduzir seus custos e sim aumentar suas receitas.

1 comentários

1 de 1

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Como você faz para driblar a falta de tempo?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 21/01/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,45 -0,81%

Algodão R$ 94,73 -1,96%

Boi a Vista R$ 130,50 -0,38%

Soja Disponível R$ 66,50 -0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.