Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 25/09/2020

Política de MT - A | + A

velório na Capela Jardins 11.08.2020 | 09h15

Políticos se despedem do artista Adir Sodré nas redes sociais

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Políticos de Mato Grosso deixaram homenagens ao artista Adir Sodré, 57, que faleceu na segunda-feira (10). Ele foi achado caído em frente de sua casa, no centro de Cuiabá, e as causas ainda não foram identificadas. Nas redes sociais, prefeito, governador, primeiras-damas e outras personalidades se despediram o artista plástico.


Leia também - Mato Grosso perde a irreverência e o talento de Adir Sodré

 

O velório de Sodré será nesta terça-feira (11), na Capela Jardins, entre às 9h e 13h. A cerimônia respeitará as normas de segurança para evitar contaminação por covid-19, permitindo acesso de 10 pessoas por vez no mesmo espaço. O enterro será às 14h, no Cemitério Parque Bom Jesus.


Em sua página, o governador Mauro Mendes (DEM) lamentou a perda e desejou força para a família nesse momento de dor. Destacou a importância internacional que a obra do artista tinha.


“Adir Sodré tinha sua arte reconhecida no Brasil e no exterior. Deixou uma contribuição inestimável para a nossa cultura e elevou o nome de Mato Grosso por onde passou”, escreveu.


O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) lembrou das cores de Sodré que enfeitam a cidade e que ele fez parte de um dos primeiros projetos que o gestor desenvolveu: o “Cidade Viva”. Os pilares do viaduto do Despraiado foram pintados por Sodré.


“Adir escolheu nossa capital como lar e sempre demonstrou todo seu orgulho por Cuiabá em suas obras. Por meio de suas pinturas, Cuiabá foi transportada para outras cidades, estados e países”, homenageou o prefeito.

Reprodução

Adir Sodré

 


A deputada Janaina Riva (MDB) também escreveu sobre o artista e disse que ficou surpresa com a notícia da morte. Destacou que a cultura do estado está de luto. “Um mato-grossense que ganhou o mundo com seu colorido peculiar, e nos brindou com obras extraordinárias que permanecem, para admiração de muitas mais gerações”, destacou. Junto ao texto, ela publicou um vídeo.


O deputado Leonardo Albuquerque (SD) ressaltou que o corpo físico de Sodré pode não estar mais entre nós, mas a alma e arte ficarão para sempre.


“É difícil acreditar na morte de alguém que passou a vida encantando as pessoas com seu estilo único de pintar, de criar de nos fazer sair do lugar comum enquanto observamos suas obras”, diz trecho da mensagem.


Em seu site, a deputada federal Rosa Neide (PT) publicou extensa mensagem de pesar pela perda do pintor. “As artes plásticas perdem um valoroso representante. A cultura mato-grossense e brasileira fica mais pobre”, diz parte do texto.

 

O deputado e secretário de Estado de Cultura, Alan Kardec (PDT) também usou as redes sociais para destacar a obra de Sodré e deixar sua homenagem. “Sua passagem está eternizada em sua obra e no seu legado. Permanece a saudade do seu brilhantismo, genialidade e vanguardismo que inspirou Cuiabá a sonhar alto e muito à frente do seu tempo”.


“Sempre fui um admirador do seu trabalho, um artista que se destacava por sua irreverência e o colorido da sua arte. Vá em paz, amigo! Que Deus conforte seus familiares e amigos. Suas flores, formas e cores ficarão na história de Mato Grosso e do Brasil”, escreveu o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM).

Chico Ferreira

Adir Sodré

 


A primeira-dama de Mato Grosso, Virgínia Mendes, publicou uma foto ao lado do artista e escreveu: “Desde quando conheci sua arte, passei a ser uma grande fã de suas obras, tenho algumas em casa, alegrando vários ambientes com suas pinceladas coloridas e tão cheias de vida. Sempre achei a irreverência dele uma de suas maiores virtudes e não tenho dúvidas do quão inestimável é a contribuição que ele deixou para a nossa cultura, elevando o nome de Mato Grosso por onde passou”.


A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, também deixou sua homenagem ao artista plástico. “Sua paixão por Cuiabá foi retratada inúmeras vezes. Casarões, igrejas, festas populares, ruelas, becos, enfim, ele conseguiu em vida demonstrar através de sua arte a sua gratidão e o seu amor pela cidade que o acolheu e projetou para o mundo. Cuiabá perde um dos maiores artistas que o Brasil produziu. Um ser humano único e que viveu para encantar o mundo com suas obras. Foi um choque receber a notícia de seu falecimento. Aos familiares e amigos os meus mais sinceros sentimentos”.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Onze candidatos disputam o Senado, você acha que o número amplia o leque de propostas ou mostra a desunião da classe política?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 24/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,80 -1,00%

Algodão R$ 91,47 0,52%

Boi a Vista R$ 127,00 -0,09%

Soja Disponível R$ 69,70 -0,29%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.