Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 13/08/2020

Política de MT - A | + A

Deu em A Gazeta 05.06.2020 | 08h58

Russi permanece no cargo em chapa na AL

Facebook Print google plus
Lázaro Thor Borges

lazaro@gazetadigital.com.br

Angelo Varela/AL-MT

Angelo Varela/AL-MT

Na tarde desta quinta-feira (4) as negociações para definir quem ocuparia a primeira secretaria da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) finalmente se encerraram. E, apesar das disputas ferrenhas deu o óbvio: Max Russi (PSB) deve permanecer no cargo.

 

A chapa única para eleição para Mesa Diretora da ALMT vai se repetir este ano. O presidente Eduardo Botelho (DEM) deverá ser recolocado no cargo nas eleições que ocorrem na próxima quartafeira, dia 10. E Janaina Riva (MDB), que disputava a primeira-secretaria com Max Russi, ficará com a vice-presidência.

 

Apesar da eleição ainda não ter ocorrido, a tendência é que a chapa única seja eleita. Se isto acontecer, Eduardo Botelho será o primeiro deputado a ocupar três vezes o cargo de presidente, ultrapassando caciques políticos como José Riva, que apesar de sempre integrar a mesa diretora do órgão, não conseguiu tal feito. O democrata coordenará um orçamento de mais de R$ 540 milhões.

 

O ponto central desta eleição, porém, é outro: a disputa pela primeira-secretaria, encabeçada por Russi e Janaina, filha do ex-deputado José Riva. Janaina sempre sonhou em seguir os caminhos do pai do ponto de vista do poder político, mas esbarra no peso do passado do ex-deputado.

 

No decorrer das negociações, ela foi prejudicada pela sombra da delação premiada de Riva, que delatou políticos como Nininho (PSD), Sebastião Rezende (PSC) e Carlos Avalone (PSDB). A ala menos novata da ALMT não vê com bons olhos que a deputada seja alçada ao segundo cargo mais importante da Mesa em um momento de turbulência provocado pela delação.

 

O primeiro secretário da ALMT, Max Russi, será responsável pela maioria dos contratos do legislativo estadual. Russi, que também não esconde o sonho de ser presidente, sofreu para conseguir vencer Janaina na disputa pela secretaria.

 

Confira reportagem completa na edição do Jornal A Gazeta

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Maria Flor dos Dantos - 05/06/2020

Ser Presidente da Assembléia Legislativa de Mato Grosso é viciante pois o Botelho está viciado só quer ser da mesa se for o Presidente é o Cacique que se acha, deve ter muita facilidade pra querer tanto 3 mandatos seguidos desconfia-se bem o motivo que leva a querer tanto.

1 comentários

1 de 1

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 13/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,50 -3,23%

Algodão R$ 99,64 -0,19%

Boi a Vista R$ 137,30 0,04%

Soja Disponível R$ 66,10 -1,64%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.