Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 28/10/2020

Política de MT - A | + A

FOGO E FALTA DE PLANEJAMENTO 19.09.2020 | 11h48

Sem recursos, coronel leiloa quadro para pagar despesas

Facebook Print google plus

Luiz Leite - Gazeta Digital

Luiz Leite - Gazeta Digital

Demonstrativo apresentado pela Comissão do Senado em visita ao Pantanal

Comissão Externa Temporária do Senado, criada para acompanhar as ações de enfrentamento aos incêndios na região do Pantanal, constatou que diante da destruição de milhões de hectares de área, além das perdas da fauna, não há nenhum planejamento para conter o fogo que atinge o bioma há cerca de dois meses.

 

O grupo visitou a região do Pantanal mato-grossense neste sábado (19). Além de parlamentares federais, secretários de Estado e deputados estaduais, acompanharam o grupo. O senador Jayme Campos (DEM) cobrou do governo do Estado, primeiramente, a realização de concurso público para o Corpo de Bombeiros. O democrata integra a Comissão do Senado.

 

Segundo ele, são 1,4 mil bombeiros para atender todo o Estado, número considerado insuficiente diante das queimadas que atingem os 3 biomas de Mato Grosso, Pantanal, Cerrado e Floresta Amazônica.

 

Para se ter uma ideia da falta de planejamento, o comandante Paulo Barroso, que está à frente das forças na região, conforme Jayme, está leiloando um quadro para conseguir R$ 20 mil para pagar contas que estão devendo na praça.

 

Coronel BM Paulo Barroso é secretário Executivo do Comitê de Gestão do Fogo da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema)

 

"Nós temos uma mudança no planeta. Temos que fazer um trabalho preventivo, nos preparar. Não tem nenhum planejamento", reiterou o senador.

 

"O governo federal tem que participar efetivamente. O Estado está incendiado. É um problema de ordem nacional, o governo federal lavou as mãos e tem feito muito pouco ou quase nada. É uma migalha diante do que representa o Pantanal, consagrado como patrimônio da humanidade", sustentou Jayme.  

 

Concurso

Jayme cobrou do governo de Mato Grosso a realização urgente de concurso público ou até brigadistas, neste momento. "O Estado tem capacidade financeira hoje, sei lá faz parceria com o governo federal, nós temos que ter está visão, esta consciência do que representa o Pantanal. Tem que estabelecer como prioridade a preservação dos nossos ecossistemas", cobrou o senador.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Com abertura do comércio, bares, igrejas e retomada de festas, você já retomou à rotina?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 28/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,60 0,16%

Algodão R$ 128,61 1,39%

Boi à vista R$ 247,18 2,04%

Soja Disponível R$ 165,00 0,92%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.