Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 17/09/2019

Política de MT - A | + A

Reforma da Previdência 10.05.2019 | 13h09

Silvio Fávero acusa Dr. Leonardo de 'destilar inverdades' sobre reforma da previdência

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

O deputado estadual Sílvio Fávero (PSL) divulgou uma nota de repúdio na tarde de quinta-feira (09) contra o deputado federal Dr. Leonardo (SD), para defender o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e a reforma da previdência. O motivo do embate foi uma entrevista dada por Dr. Leonardo e as denúncias, na imprensa nacional, de que governo estaria negociando a aprovação da reforma através da liberação de emendas parlamentares.

 

Apesar de não ser presidente do partido em Mato Grosso, Fávero decidiu se posicionar sobre a questão, mais de 10 dias depois da divulgação da entrevista em uma rádio e uma matéria em um site de Cuiabá.

 

Leia também - Políticos buscam 'bênção' de Dr. Leonardo para candidatos a prefeito

 

Na nota, Fávero afirma que Dr. Leonardo “acusou lideranças do PSL, partido o qual sou líder da na Assembleia Legislativa, de oferecer liberação de emendas parlamentares para Mato Grosso, na ordem de R$ 6 milhões de reais, como mecanismo de comprar votos para a aprovação da Nova Previdência. O parlamentar de esquerda afirmou que o ‘Governo’ pretendia ‘comprar’ o seu voto favorável à Reforma da Previdência”.

 

Além disso, o parlamentar estadual diz que o partido de Dr. Leonardo é “ligado a Força Sindical e ao Deputado Federal Paulinho da Força”, que apoiaram Lula e Haddad no segundo turno das eleições e que a intenção do deputado federal é “atacar a Reforma, enfraquecer o Governo Bolsonaro para que a reforma da previdência sofra o maior número de alterações ou deixe de ser aprovada na sua integralidade”.

 

Na nota de repúdio, Fávero também denunciou que Dr. Leonardo “tem percorrido o Estado de Mato Grosso destilando inverdades sobre a Reforma da Previdência, colocando a velha narrativa de ser uma reforma contra os pobres, para que a trama do seu partido tenha sustentação nacional”.

 

Outro lado
Através de sua assessoria, o deputado federal Dr. Leonardo informou que na referida entrevista ele apenas comentou sobre a reforma da previdência e disse que existem boatos sobre a negociação de emendas parlamentares, mas que não recebeu nenhuma proposta. Ele também enfatizou que esse tipo de negociação faz parte da “velha política” e que não aceitaria esse tipo de troca.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Quem é o principal culpado pelas queimadas?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 17/09/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,25 0,27%

Algodão R$ 93,08 -0,08%

Boi a Vista R$ 136,33 0,37%

Soja Disponível R$ 68,50 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.