Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 01/12/2020

Política de MT - A | + A

ATAQUES 21.10.2020 | 15h21

'Vou dançar conforme a música', avisa França a Emanuel

Facebook Print google plus
Jessica Bachega e Vitória Lopes

redacao@gazetadigital.com.br

Chico Ferreira

Chico Ferreira

“Eu disse que vou dançar conforme a música”, justificou o candidato à Prefeitura de Cuiabá, Roberto França (Patriota), após colocar em seu programa eleitoral denúncias envolvendo a gestão Emanuel Pinheiro (MDB), concorrente na disputa. Anteriormente, França tinha afirmado que faria uma campanha baseada em propostas, mas usou vídeo em que Emanuel Pinheiro (MDB) aparece enchendo os bolsos do paletó de dinheirol. Indagado se mudou de estratégia, o ex-gestor disse que só “reagiu”.


Leia também -Emanuel faz graves acusações a Mauro e grupo de poderosos

 

Pinheiro tem citado França faz parte do grupo de poderosos que querem tomar o Palácio Alencastro “na marra”. Também critica gestões anteriores e cita administração humanizada, recheada de ações sociais. Programas esses que também foram questionados pelo candidato do Patriota.


Indagado se mudança se deu por conta de resultado em pesquisas, na qual aparece logo atrás do prefeito, França disse que não há relação. A veiculação do vídeo foi inserida após ataques do emedebista.


“Não mudei não. Aquilo que falamos na convenção é o que estamos fazendo. Quem provocou foi ele, dando entrevista acusando todo mundo. Eu disse que iria dançar conforme a música e é isso que estou fazendo”, explicou o candidato em entrevista na noite de terça-feira (20).


Em sua fala, o candidato ainda teceu duras críticas ao prefeito e sua campanha. Acusou que ele tem todo o aparato da prefeitura a seu favor, uma campanha pomposa e ainda assim tem alta rejeição e aparece tecnicamente empatado com ele.
“Ele está com toda a estrutura na mão, numa campanha milionária contra nós, que estamos numa campanha simples e humilde, com um ponto só de diferença é uma vitória”, comemora.


Roberto França destaca que sua fé e esperança é de ir para o segundo turno, no entanto ainda não aposta qual oponente está nas urnas, se será Abílio Júnior (Podemos) ou Emanuel. “A gente não escolhe adversário”.


Pesquisa aponta rejeição de França em 30%, já o atual prefeito não é aprovado por 55% dos eleitores, segundo pesquisa Ibope. Os números são positivos na visão do candidato Patriota. “Minha rejeição é quase a metade da do prefeito. Tenho 30% e ele tem 55%. Tenho uma vantagem muito grande sobre ele. A rejeição dele todo mundo sabe qual é. A minha pega um pouco os servidores públicos e também o fato de eu ter disputado várias eleições”, justifica.


Plágio em programas sociais
Roberto França criticou a “gestão humanizada” pregada por Emanuel, que chegou a citar o projeto “Bom de Bola, Bom de Escola”, como seu. Mas o programa foi idealizado pelo ex-prefeito.


“Ele fez dois estádios só, eu fiz 25 no projeto Bom de Bola, Bom de escola. Os mini-estádios ele deixou acabar, não tem condição de usar. Consequentemente, o projeto está empacado”, revidou.


Interesses de poderosos
Emanuel Pinheiro colocou Roberto França na lista dos que estão contra sua gestão devido a interesses não atendidos. O prefeito cita a negativa do aumento da tarifa de ônibus e decreto que proíbe corte de água e energia como interesses que geraram os ataques. O candidato revidou a as acusações.


“Estranho isso. O que tem ele a ver com água e tarifa de ônibus. Quem criou ar-condicionado no ônibus, cadeirante no ônibus, Buscar para deficientes foi Roberto França. Se for comparar as ações sociais que fizemos, a campanha humanizada que ele fala fez metade do que a gente fez? Cada gestão age da forma que mais interessa. Entendo que cada prefeito que passou por Cuiabá deu sua contribuição. Se eu tiver a oportunidade de ser eleito novamente, irei retribuir com trabalho e agora com muito mais experiência”, destaca França.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Com o resultado da eleição, você acredita em uma Cuiabá melhor a partir de 2021

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 01/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,00 -0,81%

Algodão R$ 127,44 0,81%

Boi à vista R$ 254,60 0,64%

Soja Disponível R$ 154,00 -3,75%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.