Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 21/02/2020

Política Nacional - A | + A

justiça 24.01.2020 | 10h43

Bolsonaro diz que chance de dividir ministério de Moro é zero

Facebook Print google plus

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro garantiu nesta sexta-feira (24) que está descartada a possibilidade de desmembrar o Ministério da Justiça, comandado por Sergio Moro, para recriar a pasta de Segurança Pública.

 

"A chance no momento é zero", disse aos jornalistas que o acompanham em viagem a Deli, capital da Índia, e acrescentou: "não sei amanhã. Na política, tudo muda, mas não há intenção de dividir".

 

Leia também - Governo aguarda ajuste do TCU para contratar militares da reserva

 

Bolsonaro sugeriu que a especulação pode ter partido de secretários com o objetivo de "enfraquecer o governo".

 

 

Na quinta-feira (23), o presidente havia afirmado que o governo estudava a possibilidade de recriar o Ministério da Segurança Pública mesmo contra a vontade do ministro da Justiça, Sérgio Moro, que atualmente é o responsável pela área.

Relações comerciais

 

Bolsonaro foi ao país asiático como convidado de honra das comemorações do 71º aniversário do Dia da República da Índia, no domingo (26), principal data comemorativa do país.

 

O presidente também participará de diversas reuniões para negociar a ampliação das relações comerciais entre os dois países e divulgar oportunidades de investimento no Brasil.

 

Antes de Bolsonaro, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva participaram do evento como representantes brasileiros.

 

Trata-se da segunda viagem de Bolsonaro para a Ásia em poucos meses, o que reforça a estratégia de fortalecer as relações não apenas com parceiros tradicionais, como China e Japão, mas também países árabes e a Índia.

 

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, serão assinados pelo menos 10 acordos comerciais. Atualmente a Índia é o quarto maior parceiro comercial do Brasil na Ásia. O fluxo bilateral atingiu US$ 7,02 bilhões em 2019, com exportações brasileiras no valor de US$ 2,76 bilhões e importações provenientes da Índia no valor de US$ 4,26 bilhões.

Em entrevista aos jornalistas, Bolsonaro destacou o potencial de mercado a ser explorado na Índia.

 

“É um país com 1 bilhão de habitantes. Pela recepção que tivemos, as expectativas são as melhores possíveis. Alguns ministros estiveram aqui antecipadamente tratando de diversos assuntos, o campo está muito aberto para a gente. O próprio convite do governo indiano para participarmos de um evento que é a data magna deles, demonstra o interesse.”

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Como você aproveita os dias de Carnaval?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 21/02/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,35 -1,08%

Algodão R$ 91,07 -0,08%

Boi a Vista R$ 136,67 0,00%

Soja Disponível R$ 72,00 -0,69%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.