Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 14/08/2020

Política Nacional - A | + A

ministro chefe 22.05.2020 | 15h14

É 'inacreditável' pedido para apreender celular de Bolsonaro, diz Augusto Heleno

Facebook Print google plus

Arquivo /AB

Arquivo /AB

O ministro chefe do gabinete de segurança da Presidência da República, Augusto Heleno, classificou nesta sexta-feira (22) como “inacreditável” o pedido para busca e apreensão do celular do presidente Jair Bolsonaro, emitido pelo ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal).

 

“Caso se efetivasse, seria uma afronta à autoridade máxima do Poder Executivo e uma interferência inadmissível de outro Poder, na privacidade da Presidência da República e na segurança institucional do País”, escreveu Heleno.

 

Leia também - Senado aprova auxílio a escolas e faculdades privadas durante crise

 

 

A solicitação feita por Celso de Mello, foi encaminhada à PGR (Procuradoria-Geral da República). No pedido, o ministro solicita novas providências dentro do inquérito que investiga possível interferência de Bolsonaro na Polícia Federal. Também foi solicitada a apreensão do aparelho de telefone de Carlos Bolsonaro, filho do presidente e vereador no Rio de Janeiro.

 

No documento, Heleno avalia ainda que o pedido “é uma evidente tentativa de comprometer a harmonia entre os poderes e poderá ter consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional”.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Marcos Justos - 22/05/2020

O Brasil está com Bolsonaro e Heleno. Estamos só aguardando a ordem!

1 comentários

1 de 1

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 14/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,35 -0,70%

Algodão R$ 92,58 -0,30%

Boi a Vista R$ 135,73 -1,64%

Soja Disponível R$ 59,20 -2,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.