Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 14/07/2020

Política Nacional - A | + A

boa notícia 26.06.2020 | 14h46

Paulo Guedes sinaliza positivamente para mais três parcelas do auxílio emergencial

Facebook Print google plus

Edu Andrade/ASCOM/Ministério da Economia

Edu Andrade/ASCOM/Ministério da Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, deu o sinal verde para o governo federal pagar mais três parcelas do auxílio emergencial, nos valores de R$ 500, R$ 400 e R$ 300.

 

A pasta também prepara uma serie de medidas para criar o programa Renda Brasil, que implicaria na unificação de programas sociais como Bolsa Família, Seguro Defeso e Abono Salarial. Os três deixariam de existir.

 

Leia também - Maia alerta risco de Congresso Nacional elevar mais 3 novas parcelas do auxílio

 

Outra medida deve atingir as deduções do Imposto de Renda. A ideia da equipe econômica é acabar com deduções com Saúde, por exemplo, e baixar a alíquota do Imposto de Renda da Pessoa Física para que não haja aumento da tributação. Uma das propostas é diminuir de 27,5% (a maior alíquota) para 25%. Os valores ainda estão em estudo.

 

O fim das deduções em Saúde do Imposto de Renda da Pessoa Física vem sendo defendido pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em uma sinalização de que há dialógo e convergência entre Executivo e Câmara sobre o assunto. De acordo com o deputado, essas deduções beneficiam principalmente os que têm renda média acima de R$ 33 mil mensais.

 

Calendário de parcelas
Ontem, o governo federal divulgou o calendário das novas parcelas do auxílio emergencial de R$ 600 para 40 milhões de pessoas. Em live com o presidente Jair Bolsonaro, Guedes anunciou o pagamento.

 

"Estamos, agora no sábado (27), pagando mais uma parcela para 60 milhões de brasileiros. Neste próximo sábado até o sábado que vem, 60 milhões recebem mais uma parcela", afirmou Guedes.

 

O ministro incluiu os 19,2 milhões que fazem parte do Bolsa Família e já começaram a receber a terceira parcela desde 17 de junho. Nesta sexta-feira (26), o pagamento será para mais 1,9 milhão de beneficiários do programa com o último dígito do NIS igual a 8, e segue até terça-feira.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Você acredita na eficácia das barreiras sanitárias implantadas em Cuiabá?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 14/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,45 -0,81%

Algodão R$ 91,14 -0,31%

Boi a Vista R$ 135,33 0,00%

Soja Disponível R$ 66,80 -0,52%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.