Publicidade

Cuiabá, Sábado 04/04/2020

Política Nacional - A | + A

votação no Plenário 28.02.2020 | 08h13

PEC que permite prisão em segunda instância deve ser votada em março

Facebook Print google plus

Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Luis Macedo/Câmara dos Deputados

A Proposta de Emenda à Constituição que permite a prisão em 2ª instância deverá ser votada pelo plenário da Câmara dos Deputados em março, segundo o deputado federal Fábio Trad (PSD-MS), relator do texto.

 

Em entrevista ao Jornal da Record News, o deputado disse que já foram realizadas três audiências públicas e ainda serão realizadas outras quatro, antes da votação. Fábio Trad afirmou que a ideia é que os efeitos da PEC possam valer a partir da promulgação.

 

Leia também - Proposta prevê centralização das compras de armas pelo poder público

 

O deputado explicou que a PEC não se limita à área penal e casos cíveis, previdenciários e tributários também serão afetados pela mudança. Ainda de acordo com o relator, a PEC que tramita na Câmara é mais consistente juridicamente do que a proposta do Senado e dará um “choque de efetividade no judiciário brasileiro”.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Edição digital

Sexta-feira, 03/04/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,80 -0,50%

Algodão R$ 92,42 0,54%

Boi a Vista R$ 134,57 0,00%

Soja Disponível R$ 65,87 0,27%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.