Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 24/01/2020

Política Nacional - A | + A

COMPROU AVIÃO 12.01.2020 | 16h38

PROS destitui presidente da legenda acusado de desvio de dinheiro

Facebook Print google plus
R7 Notícias

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

O PROS (Partido Republicano da Ordem Nacional) decidiu neste sábado (11) destituir o presidente nacional da sigla, Eurípedes Junior. Ele é acusado de desviar recursos dos fundos partidário e eleitoral e de lavagem de dinheiro.

 

Segundo nota divulgada na sigla, a destituição foi decidida de maneira unânime e Eurípedes Junior também foi suspenso.

Os dirigentes ainda decidiram suspender o Diretório Nacional e nomear uma Comissão Executiva Nacional Provisória, que vai ficar à frente da sigla até a realização de uma Convenção Nacional, na qual será escolhida nova cúpula.

 

Em nota, o partido afirmou que passa, desde 2015, por grandes “constrangimentos” e um “considerável número de desfiliações”.

 

Na ocasião, Eurípedes Junior adquiriu, “para uso pessoal”, um helicóptero que custou R$ 2,4 milhões com recursos do Fundo Partidário. A nota também citou a compra de aviões e imóveis luxuosos, o que chamou atenção da imprensa.

 

A partir do ano seguinte, o ex-presidente colecionou uma série de acusações. Em 2018, alvo da operação Partiallis, chegou a ter o mandado de prisão expedido, se entregou à Polícia Federal, mas não foi preso por causa da lei eleitoral.

 

Em 2019, investigações da Polícia Federal indicaram desvios de mais de R$ 5 milhões em dinheiro público, que deveria ser destinado à manutenção da sigla e às campanhas de candidatos do Pros. No mesmo ano, a Polícia Civil de Goiás acusou o então presidente de lavagem de dinheiro.

 

“De acordo com as investigações, duas empresas “laranjas” receberam mais de R$ 4 milhões do PROS, numa operação de lavagem de dinheiro”, diz a nota.

 

No documento, o PROS destacou que Eurípedes fez uma gestão “patrimonialista” e chamou atenção para os “sinais exteriores de riqueza”, com “hospedagem em hotéis de luxo, aquisição e uso pessoal de imóveis luxuosos e o uso de diversas empresas em operações duvidosas”.

 

O Pros ainda afirmou que iniciou, em agosto de 2019, um processo interno, que não foi contestado por Eurípedes, apesar das oportidades de defesa.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Toparia se desconectar do mundo digital por uma semana?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 24/01/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,40 0,55%

Algodão R$ 92,01 0,37%

Boi a Vista R$ 138,00 1,77%

Soja Disponível R$ 72,70 0,14%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.