Gazeta Digital

Lentidão no trânsito aumenta com a volta às aulas; escolas particulares são as mais problemáticas

João Vieira

João Vieira

O começo do ano letivo traz um problema estrutural do trânsito que se acentua principalmente nos horários de pico em Cuiabá. A dificuldade de tráfego nas imediações das unidades escolares gera constantes reclamações de motoristas. É comum que a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) envie agentes de trânsito aos trechos, segundo a supervisora de educação para o trânsito, Luciana Melo.

 

Leia também - Previsão do tempo aponta chuvas para os dois dias do final de semana

 

O problema é quase que exclusivo em torno das escolas particulares, pois, segundo Luciana, a maioria dos alunos das escolas públicas municipais e estaduais da capital usam ônibus e outros, que geralmente moram próximo das instituições, costumam ir caminhando. 

 

Grande parte das escolas particulares localizadas em ruas como a São Bento, no bairro Baú, Comandante Costa, região central da capital, avenida Fernando Corrêa, no Coxipó, Marechal Floriano Peixoto, no Quilombo, Avenida Dom Bosco e avenida Jornalista Alves de Oliveira, no bairro Cidade Alta, são os trechos com maior incidência de trânsito lento e engarrafamentos. "O poder público não tem obrigação de conseguir estacionamento nas vias públicas", destacou a coordenadora.

 

O fato de pais terem que descer e depois embarcar os filhos na frente das unidades já é motivo causador de lentidão. Mas a situação ainda fica pior quando muitos param em fila dupla, sobre o passeio (calçadas), sobre a faixa de pedestre e, alguns deles, além de pararem do lado errado, ainda fazem uso de celular enquanto aguardam as crianças, ampliando a situação de riscos, conforme Luciana. 

 

A coordenadora alerta que todas estas situações são consideradas graves e podem gerar multas que variam de R$ 85 a R$ 295 ao infrator. 

 

Campanha 

 

Devido ao início das aulas, a Semob organizará uma semana de campanha educativa com alertas aos pais e motoristas de vans escolares, referentes às condutas de direção, embarque e desembarque no entorno das unidades.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br