Gazeta Digital

TCE faz inspeção em 88 unidades de saúde de Cuiabá

Reprodução

Reprodução

Tribunal de Contas do Estado (TCE) deve finalizar nesta sexta-feira (26) inspeção em 88 unidades de saúde de Cuiabá. O objetivo é verificar condições de infraestrutura, insumos, equipamentos, medicamentos e disponibilidade de profissionais da saúde para atendimento da população.

 

Leia também - Mais de R$ 700 mil são desviados de salários de servidores

 

Registros farão parte de um relatório que deve ser apresentado ao relator da auditoria, o conselheiro interino Moises Macial, em junho deste ano. Em inspeção de 2016, foi detectado em que 51% dos PSFs visitados não foram encontrados médicos nos horários em que os auditores realizaram as inspeções. 

 

Ainda, durante as entrevistas realizadas com gerentes, técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos, foi constatado que a infraestrutura, segurança e equipamentos ainda é bastante precária nas unidades. Foi verificada a presença ou não de serviços de segurança dia e noite, condições estruturais das unidades, mobiliário, serviços de limpeza, climatização, acessibilidade e recolhimento de lixo hospitalar. 

 

A operação é coordenada pela Secretaria de Controle Externo de Saúde e Meio Ambiente com apoio da Secretaria Geral de Controle Externo (Segecex) do TCE. Desde 2014, a Corte de Contas vem fazendo recomendações e determinações aos gestores para que irregularidades e condições precárias de atendimento fossem corrigidas.                

 

Para o secretário-geral de Controle Externo do TCE, Volmar Bucco, a atuação da fiscalização atualmente é no intuito de monitorar o que já havia sido vistoriado e determinado à Prefeitura de Cuiabá há dois anos e ao mesmo tempo verificar a necessidade de novas auditorias e determinações.

 

“Fomos em 100% das unidades básicas de saúde do município de Cuiabá nos últimos 10 dias. Essa auditoria faz parte de um planejamento que foi feito pela Secex de Saúde para garantir que o serviço de saúde pública funcione nas condições adequadas”, disse. (Com assessoria)


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br