Gazeta Digital

Interno confessa que matou colega após furto de roupas

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Morte de Marcelo Ribeiro dos Santos, 28, apontada inicialmente como suicídio ocorrido na segunda-feira (29) se trata de um homicídio, segundo investigação da Polícia Civil. O suspeito do crime, que não teve o nome informado, se apresentou à Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) afirmando ter matado a vítima foi enforcamento.

 

Marcelo Ribeiro estava internado em uma clínica de recuperação, localizada na Estrada da Guia, há cerca de 9 dias. O corpo dele foi encontrado em um dos banheiros da unidade e socorrido por um enfermeiro da clínica, sendo encaminhado ao Pronto-Socorro de Cuiabá, com a informação de possível suicídio. 

 

Leia também - Agressivo, marido bate e queima mulher e filho com panela de feijão

 

Interno da mesma clínica se apresentou nesta terça afirmando ter matado uma pessoa. Ele contou que a vítima teria furtado roupas e para puní-la pegou um fio e começou a enforcar o colega. Como não conseguiu, deu uma "gravada" até que a vítima desmaiou e foi encontrada. 

 

Equipe da DHPP e da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) estiveram na casa de recuperação para apurar como a morte teria ocorrido e coletar evidências do crime. Segundo a assessoria da Polícia Civil, o suposto autor foi interrogado, mas não deverá ser autuado em flagrante neste momento, por ter se apresentado espontaneamente e confessado o homicídio em apuração.

 

CVV oferece ajuda

 

O Centro de Valorização da Vida (CVV) oferece apoio emocional e prevenção do suicídio e atende de forma voluntária todas as pessoas que querem conversar. As ligações são gratuitas em todo o Brasil. O serviço é prestado pelo telefone 188.

 

Por meio do número, pessoas que sofrem de ansiedade, depressão ou que correm risco de cometer suicídio conversam com voluntários da instituição e são aconselhados. 


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br