Gazeta Digital

Selma teria sido decisiva contra a recondução de Rabaneda ao TRE

Divulgação/TRE-MT

Divulgação/TRE-MT

Ao contrário do que apostava metade do "mundo jurídico" de Mato Grosso, o advogado Ulisses Rabaneda não foi reconduzido ao cargo de juiz do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), pela categoria classista.

 

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) formalizou a indicação no Diário Oficial da União, que circula nesta terça-feira (21), do advogado Sebastião Monteiro. Rabaneda tinha o aval dos senadores Jayme Campos (DEM) e Wellington Fagundes (PR) e do coordenador da bancada, Neri Geller para continuar com a vaga. 

 

No entanto, segundo fontes de Brasília, a senadora Selma Arruda, do mesmo partido de Bolsonaro, foi contra a recondução de Rabaneda. O deputado José Medeiros (Podemos) também seguiu a linha dela. 

 

Rabaneda, recentemente, votou contra a aprovação das contas de campanha de Selma e também foi favorável à cassação da senadora. 


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br