Gazeta Digital

TJ manda prender empresário que agrediu filha de Pagot

Otmar de Oliveira

Otmar de Oliveira

Breno Pereira Alves, empresário de 38 anos, está sendo procurado pelas forças de segurança, acusado de agressão física, sexual e cárcere privado, contra a filha mais velha do ex-secretário de Estado e ex-diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), Luiz Antônio Pagot.

 

O mandado de prisão foi expedido na segunda-feira (20) pela 1º Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar e tem validade até maio de 2023.

 

Já nesta terça-feira (21), foi a vez do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) publicar o documento, onde consta que o mandado ainda não havia sido cumprido. 

 

Leia também - Jovem que matou ex-namorada com tiro na testa é baleado

 

A vítima relatou à polícia que teve um relacionamento com o empresário, que é natural de Governador Valadares (MG), mas que estavam separados há 6 meses. 

 

No dia 04 de maio Breno teria procurado a vítima, que aceitou conversar com o homem.

 

Quando ela ia embora, ele não gostou do ato e começou a xingar e humilhar a vítima.

 

Não satisfeito, ele a arrastou até o quarto pelos cabelos, onde a agrediu com chutes, tapas e mordidas.

 

Após as agressões, ele a trancou em casa e a impediu de sair.

 

Ela só foi socorrida quando uma amiga, que ligou em seu celular, ouviu os gritos pedindo socorro após o empresário atender ao telefone.

 

Agressivo

 

Aos policiais, a vítima relatou que o homem ficava mais agressivo quando ela pedia para ele parar. 

 

Essa não é a primeira vez que ele é denúnciado, consta contra ele outros casos de ameaça e injúria contra mulheres.

 

 

 

 


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br