Gazeta Digital

Correção no edital do processo seletivo atrasa ainda mais abertura do novo PS

Marcus Vaillant

Marcus Vaillant

Por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), o processo seletivo para preenchimento de vagas no novo Pronto-Socorro foi suspenso para passar por correções. O emedebista recebeu muitas reclamações sobre salários e carreiras.

 

Com isso, o processo seletivo que já deveria ter sido encerrado sequer foi reaberto e ainda passa por revisão. Na prática, isso quer dizer que mais uma vez que o tão sonhado novo Pronto-Socorro não deve estar aberto plenamente para a população por pelo menos nos próximos 60 dias. 

 

 

 

 

 


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br