Gazeta Digital

Segurança motiva mudança de local das atividades festivas de São Benedito

João Vieira

João Vieira

A preocupação com a segurança dos voluntários e frequentadores é apontada pelos organizadores da Festa de São Benedito, em Cuiabá, como o fator principal da mudança de local da programação festiva e gastronômica do tradicional evento. As atividades estão programadas para a primeira semana de julho, nos dias 2, 4, 5, 6 e 7, em horários variados, e deve reunir cerca de 5 mil pessoas diariamente.

 

Leia também - Órgãos estaduais fecham nesta quarta e reabrem na segunda

 

Durante coletiva de imprensa, na manhã desta quarta-feira (19), o pároco Pedro Canísio Schroeder explicou os motivos da alteração que tem gerado grande debate entre a população. De acordo com ele, o centro da polêmica está o coração operacional da festa, a cozinha – que tem sido alvo de constantes alertas do Corpo de Bombeiros e que, atualmente, só pode funcionar até às 18h. A precariedade do local e a infraestrutura inadequada inviabiliza que a comida seja preparada ao longo de todos os dias de realização da festa. 

 

João Vieira

Festa de São benedito / igreja São Benedito / Centro

 

Por conta do horário limitado, um verdadeiro malabarismo é realizado por cozinheiras e voluntários para que a comida chegue até o pátio da igreja.

 

“Ao longo dos anos, a cozinha não passou por um processo de manutenção adequado e não houve as melhorias necessárias. Por recomendação do Corpo de Bombeiros, que já vinha nos alertando há algum tempo, neste ano não podemos mais utilizar o espaço durante a festa. A escolha do Centro de Eventos foi, principalmente, pela estrutura e espaço adequados”, ressaltou o pároco, destacando que o acesso será totalmente gratuito à comunidade, sendo que as pessoas apenas irão ter os gastos de consumo. 

 

O padre afirmou ainda que a própria localização da cozinha é um empecilho para a continuidade dos trabalhos, já que está instalada praticamente encostada ao prédio da igreja, que é patrimônio histórico. “São utilizados muitos fogões, panelas de 50 litros, muito gás de cozinha, por horas seguidas e o calor é intenso. Tudo isso somado representa um fator de risco ao patrimônio e à população”.

 

Além da situação infraestrutural da cozinha, o telhado teve que ser trocado em caráter emergencial há alguns meses, fato que compromete também as atividades. 

 

Projeto de adequação

A intenção dos organizadores do evento é reverter parte da renda da festa desse ano ao projeto de construção da área de preparado dos alimentos e cozinha – que será afastada da igreja, em um imóvel do outro lado da rua.

 

João Vieira

Festa de São benedito / igreja São Benedito / Centro

 

“O espaço adequado trará mais segurança e conforto para os voluntários e devotos. Além disso, esse novo local também poderá ser utilizado para outras instalações que irão melhorar a parte da festa. A proposta é, após a edição deste ano, constituir comissões que irão fazer um estudo e uma revisão geral de todo o evento, para que possamos fazer as alterações necessárias”, diz.

 

O coordenador da festa deste ano, Joaquim Curvo, destacou que para que o evento tenha êxito e para que a paróquia possa, enfim, equipar a cozinha dentro das normas de segurança do Corpo de Bombeiros e voltar com a festa para o Largo do Rosário, é preciso o apoio da sociedade.

 

“Levamos em consideração fatores como segurança, estacionamento, trânsito, além da relação com os vizinhos e moradores – que precisamos que sejam nossos aliados”.

 

Transporte público

O sistema de transporte público do município garantiu 4 linhas específicas para o Centro de Eventos, que estarão à disposição da população no período da festa.

 

O vereador Marcos Veloso, que também é voluntário da festa, afirmou que o secretário Antenor Figueiredo, da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) firmou o compromisso. “A proposta é de que tenhamos ônibus saindo das regiões do grande CPA, Porto, Centro e Tijucal, em horários regulares das linhas. Na próxima segunda-feira, essa questão deve ser fechada com a Secretaria”.   

 

Vale ressaltar que todas as práticas religiosas seguem sendo realizadas dentro e no entorno da Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito. 

 

Confira a programação:

 

2 de julho (terça-feira)

5h – Levantamento de mastro   

Local: Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito

 

4 de julho (quinta-feira) 

5h – Missa Campal e Chá com Bolo

Local: Praça do Rosário 18h às 23h – Shows regionais, atrações culturais e feira gastronômica com comidas típicas Local: Centro de Eventos do Pantanal

 

5 de julho (sexta-feira)

5h – Missa Campal e Chá com Bolo

Local: Praça do Rosário

18h às 23h – Shows regionais, atrações culturais e feira gastronômica com comidas típicas Local: Centro de Eventos do Pantanal

 

6 de julho (sábado)

5h – Missa Campal e Chá com Bolo

Local: Praça do Rosário 

18h às 23h – Shows regionais, atrações culturais e feira gastronômica com comidas típicas

Local: Centro de Eventos do Pantanal

 

7 de julho (domingo) 

5h – Missa Campal e Chá com Bolo

Local: Praça do Rosário

17h – Procissão Local: Praça do Rosário

11h às 15h – Almoço com comidas típicas e atrações culturais

Local: Centro de Eventos do Pantanal


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br