Gazeta Digital

Procurador do Estado morre aos 51 anos durante viagem de férias na Colômbia

Divulgação/PGE

Divulgação/PGE

O procurador Carlos Emílio Bianchi Neto, 51, morreu vítima de um infarto fulminante, nesta quinta-feira (18), durante uma viagem de férias a Cartagena, na Colômbia. 

 

A Associação dos Procuradores do Estado de Mato Grosso (Apromat) manifesta pesar pela morte do procurador. A Apromat e a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) estão colaborando com a família no sentido de auxiliar no traslado do corpo.

 

Apenas após a finalização deste procedimento é que será definido horário e local do velório e do sepultamento. O procurador deixa dois filhos.

 

“Todos nós estamos muito abalados com a morte prematura do nosso colega. Ele sempre foi muito prestativo e atencioso, não somente no ambiente de trabalho, mas em todos os lugares. Carlos fará muita falta na advocacia pública de Mato Grosso”, ressaltou o procurador-geral do Estado, Francisco Lopes, que decretou luto oficial por três dias nesta sexta-feira (19). 


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br