Gazeta Digital

Brasileiro que matou ex-mulher no Reino Unido pega prisão perpétua

Montagem/ Gazeta Digital

Montagem/ Gazeta Digital

Um brasileiro de 41 anos foi condenado a prisão perpétua por ter esfaqueado a ex-esposa em fevereiro de 2019, no Reino Unido. As informações são da rede de notícias BBC.

 

Leia também - Grevistas pressionam e seguem Mauro em visita a Chapada

 

A sentença de Reinaldo Godinho foi dada nesta quarta-feira (17). Godinho foi acusado pelo assassinato e por porte de arma. 

 

De acordo com a BBC, o brasileiro afirmou durante o julgamento que estava "cego de raiva" quando atacou Aliny Godinho, 39.

 

Aliny havia saído para buscar os três filhos na escola e, de acordo com as informações da rede, Reinaldo a atacou na frente de uma das crianças.

 

"Você deixou sua filha vendo a mãe morrer... nenhuma criança deveria ter que ver o que sua filha de três anos viu naquele dia", afirmou a juíza responsável pelo caso, Justice Thornton, durante o julgamento. 

 

Reinaldo foi condendo a um mínimo de 27 anos de prisão pelo homicídio e um ano pelo porte. Ambas as sentenças poderão ser cumpridas simultaneamente. 

O Itamaraty ainda não se pronunciou sobre o caso. 


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br