Gazeta Digital

Suspeitos de invadir celular de Moro serão interrogados em Brasília

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Os quatro presos em uma operação da Polícia Federal deflagrada nesta terça-feira (23), suspeitos de ter envolvimento com a invasão do celular do ministro da Justiça Sérgio Moro, foram levados de avião para Brasília, onde serão interrogados.

 

A operação, batizada pela PF de "Spoofing", foi autorizada pelo juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Criminal do Distrito Federal. 

 

Segundo a PF, o termo "Spoofing" é um tipo de falsificação tecnológica que procura enganar uma rede ou uma pessoa fazendo-a acreditar que a fonte de uma informação é confiável quando, na realidade, não é.

 

Os suspeitos seriam hackers e teriam agido em conjunto para roubar informações do celular do ministro. Não está descartada a suspeita de que tenham envolvimento na invasão de aparelhos de outras autoridades.

 

Por meio de nota, a Polícia Federal afirmou que “a Operação Spoofing tinha o objetivo de desarticular organização criminosa que praticava crimes cibernéticos” e ressaltou que “as investigações seguem para que sejam apuradas todas as circunstâncias dos crimes praticados”.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br