Gazeta Digital

PSL nacional quer Barbudo candidato a prefeito em Cuiabá

MARCUS VAILLANT

MARCUS VAILLANT

Deputado federal eleito com maior número de votos e presidente regional do PSL em Mato Grosso, Nelson Barbudo, é a aposta da direção nacional da legenda para disputar a Prefeitura de Cuiabá em 2020.

 

A informação consta na reportagem da revista Época, em que o presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, diz que nas principais capitais, os parlamentares campeões de votos deverão concorrer para fortalecimento da legenda.

Leia mais - Gastos dos deputados estaduais chegam a R$ 1,4 milhão em junho

 

De acordo com a reportagem, os principais "puxadores de votos" do PSL que devem disputar 2020, estão no Rio de Janeiro, Curitiba, Campo Grande, São Paulo, além de Cuiabá.

 

Procurado pelo #GD, Nelson Barbudo disse que se reunirá com Bivar para discutir o andamento do partido no Estado e sobre as eleições do ano que vem. "Sou um fiel escudeiro do PSL e sempre assim serei", disse sem entrar no mérito da possível candidatura.

 

Conforme o #GD apurou, Nelson Barbudo é tido como uma espécie de 'coringa' da cúpula nacional. Além da prefeitura da capital, o nome do parlamentar mato-grossense pode ser a alternativa para o PSL, em caso de confirmação da cassação da senadora Selma Arruda (PSL).

 

Diante disso, Barbudo tem pregado cautela e vem mantendo contato permanente com o PSL nacional, para ter certeza do projeto de 2020 será prioridade do partido.

Neste mês, o PSL iniciará uma campanha nacional de filiação. Um ato em todo o país está marcado para o próximo dia 17. A legenda espera aumentar de 250 mil para um milhão de filiados até o fim do ano.

 

O PSL é a sigla com maior fatia do Fundo Partidário em 2019. A sigla do presidente Jair Bolsonaro receberá aproximadamente R$ 110 milhões por ter eleito 52 deputados para a Câmara. O PT vem em 2º lugar.

Dos 8 deputados federai eleitos, Nelson Barbudo foi o mais votado com 126.249 votos em 2018.

 

Barbudo já foi vereador pelo município de Alto Taquari (279 quilômetros ao sul de Mato Grosso), no entanto, em 2016 não conseguiu se eleger vereador.

Barbudo ganhou notoriedade nacional após se tornar uma espécie de 'youtuber' de Bolsonaro ainda em 2017, quando o presidente ensaiava sua candidatura para a Presidência da República.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br