Gazeta Digital

Governador joga ‘bomba’ das eleições nas mãos de Fábio Garcia

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Em meio a comentários e uma “chuva” de pré-candidatos para as eleições de 2020, o governador Mauro Mendes (DEM) tem se esquivado do tema, especialmente sobre o apoio no pleito municipal. Ao ser questionado sobre as decisões do partido nesse sentido, Mendes jogou a “bomba” para o seu ex-secretário e ex-deputado federal, Fábio Garcia.

 

“Não sou eu que coordeno isso. Quem cuida disso é o presidente estadual Fábio Garcia e outros membros. E aí as decisões serão tomadas”, afirmou o governador durante entrevista coletiva na quarta-feira (14).

 

Apesar de não responder diretamente sobre as “apostas” do partido para 2020, onde Fábio Garcia aparece entre os cotados para concorrer à prefeitura de Cuiabá, Mauro reafirmou que as articulações dentro do partido são necessárias para os pleitos municipais.

 

Leia também - Niuan formaliza filiação ao Podemos e assume comando do partido em Cuiabá

 

“Não existe democracia sem política. Agora nós precisamos fazer política e melhorar a política deste país. E é isso que espero que o DEM consiga fazer, com chapas fortes, candidaturas nos 141 municípios. E que ao final apresente candidaturas boas, pelo próprio partido ou pelos aliados políticos, e com isso nós tenhamos alternativas boas para serem escolhidas pela população”, explica Mendes.

 

Sobre as divergências dentro do DEM para a escolha dos nomes para as eleições, Mendes diz que isso faz parte do processo dentro de todos os partidos. “Eu acho natural que haja divergências, a politica é arte de dialogar, de ouvir, discordar, concordar e conciliar interesses em prol da sociedade. Isso é uma sinalização que nós estamos preocupados com a política em Mato Grosso”.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br