Gazeta Digital

Mato Grosso recebe dinheiro da Lava Jato para combater fogo na região amazônica

Mayke Toscano/Secom

Mayke Toscano/Secom

Mato Grosso irá receber parte dos R$ 430 milhões recuperados pela Operação Lava Jato para o combate aos incêndios florestais. Um acordo, assinado entre o Congresso Nacional, União e Supremo Tribunal Federal (STF) no começo de setembro destina parte do fundo da Lava Jata para os 9 estados da Amazônia Legal.

 

Dados de satélite do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostram que na Amazônia Mato Grosso foi responsável por 22,3% dos focos de incêndio de janeiro a agosto, com 10.452 registros. O estado com mais focos foi o Pará, com 12.542 registros, o que corresponde a 26,8% do total.

 

Leia também - Peritos americanos chegam a MT para combater incêndios florestais

 

Essa proporção é importante, pois o recurso será dividido proporcional aos enfrentamentos de incêndios florestais. Caso o percentual do Inpe seja utilizado para a destinação da verba, Mato Grosso pode receber R$ 95,8 milhões para reforçar o combate ao desmatamento ilegal e às queimadas.

 

Já a União ficará com R$ 630 milhões do fundo da Lava Jato, para articular ações no território nacional e também reforçar a Operação Verde Brasil, que enviou as Forças Armadas para as áreas de maior risco por causa do fogo descontrolado.

 

A expectativa é que o recurso chegue aos estados ainda em setembro, para prevenir que a situação fique mais crítica em outubro, período que ainda é de seca em grande parte da Amazônia Legal.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br